Formula Chopp

Prorrogação do auxílio emergencial: Governo e Congresso discutem como fazer

  • Teo Barbosa
  • Publicado em 8 de junho de 2021 às 16:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

O período da prorrogação do auxílio estaria em discussão porque envolve autorização para gastos acima dos atuais R$ 44 bilhões já permitidos.

Lideranças políticas já constataram que a prorrogação do auxílio emergencial é uma necessidade

O auxílio emergencial pode ser prorrogado em 2021, medida que está sendo discutida tanto no Congresso Nacional quanto pelo Governo Federal.

Projeto de Lei 527/21 de autoria do deputado federal André Janones (Avante-MG), por exemplo, prevê uma extensão do auxílio, no valor de R$ 500, até 31 de dezembro deste ano.

Segundo a revista ISTOÉ Dinheiro, para viabilizar o pagamento, o texto prevê, entre outras medidas, a cobrança do Imposto de Renda sobre dividendos.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, também já defendeu uma medida provisória para estender o benefício por até dois meses, em declaração divulgada pelo G1, no final do mês de maio.

O governo estaria preparando uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para prorrogar o auxílio emergencial, segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

O período da prorrogação do auxílio estaria em discussão porque envolve autorização para gastos acima dos atuais R$ 44 bilhões já permitidos.

De acordo com o jornal, o ministro da economia, Paulo Guedes, disse que o governo pode ampliar o auxílio emergencial caso as vacinas não cheguem e as mortes continuem, em relação à pandemia.


+ Ação Social