Prefeitura de Franca realiza entrega parcial do Complexo Viário da Champagnat

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 23 de dezembro de 2020 às 22:32
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Uma das pistas da avenida marginal teve sua liberação autorizada logo em seguida ao término da cerimônia

Cercada de todos os cuidados protocolares de distanciamento físico, a Prefeitura de Franca realizou na manhã da última quarta-feira, 23, a entrega parcial das obras do Complexo Viário ‘Dr. William Wanderley Jorge’, entre as Avenidas Dr. Ismael Alonso y Alonso e Champagnat. 

Uma das pistas da avenida marginal teve sua liberação autorizada logo em seguida ao término da cerimônia, quando os semáforos foram acionados a título de demonstração, já que as duas faixas de tráfego da Av. Champagnat seguiam restritas ao tráfego.

Em virtude das chuvas constantes dos últimos dias, o cronograma prévio de término no dia 17 acabou sendo comprometido. 

Ainda assim, os serviços complementares deverão ser concluídos no decorrer da próxima semana. Até o momento cerca de 90% do que estava previsto foi concluído.

As árvores e arbustos removidos da antiga rotatória foram replantados em praças e avenidas em diversos pontos da cidade. 

Manifestações 

Um dos primeiros a se pronunciar na ocasião, o advogado e ex-desembargador André Jorge, filho do homenageado, falou em nome da família, sintetizando o histórico de seu pai, idealizador da Unifran, da Francal, promotor e procurador estadual, como educador exemplar e pessoa com profundo amor pela cidade. 

Ele saudou, emocionado, o prefeito pela propositura do nome, pois esse Cruzamento em Nível une 3 personagens impares: Dr. Alonso y Alonso, o pai dos pobres e pescador de almas, Marcelino Champagnat, uma espécie de patrono dos professores com seus ideais e William Wanderley, com a sua generosidade em auxiliar a todos que o procuravam.

Falou também na oportunidade, Michel Aoude, empresário estabelecido nas imediações e diretor da Francana, destacando a importância desse dispositivo viário, que chega como solução para um problema constante dos congestionamentos. 

Também exaltou as qualidades do patrono que ofereceu seu nome e saudou Prefeitura e Câmara, na ocasião representada pelo vereador Nirley de Souza, pela feliz lembrança que representa uma homenagem a toda colônia libanesa. 

O prefeito Gilson de Souza, em sua saudação, disse que o intuito da obra é resolver uma situação crítica que vinha desafiando várias gestões, além de homenagear um cidadão que foi exemplo de vida, estudioso do direito, uma referência para quem teve o privilégio de com ele conviver. 

Antes do descerramento da placa, Luiza Arruda Lemos Jorge, 11 anos, neta do homenageado recebeu um ramalhete de flores do prefeito, em nome da avó, dona Maída Lemos Jorge, que não pôde estar presente.