Polícia Rodoviária aperta o cerco contra álcool e barbeiragens nas pistas da região

  • Roberto Pascoal
  • Publicado em 14 de abril de 2022 às 06:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Somente na Rodovia Cândido Portinari são esperados quase 60 mil veículos durante os dias do feriado

 

Somente na Rodovia Cândido Portinari são esperados quase 60 mil veículos durante os dias do feriado

A Polícia Militar inicia nesta quinta-feira a operação Semana Santa para reforçar a segurança nas estradas de todo o Estado de São Paulo durante o feriado prolongado. O esquema especial de policiamento nas pistas termina às 23h59 de domingo.

A operação intensificará o patrulhamento nos 22 mil quilômetros de rodovias paulistas, sob coordenação do Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv) e apoio da Secretaria Estadual de Logística e Transportes.

Na região de Franca serão fiscalizadas pela Polícia Militar Rodoviária as rodovias Cândido Portinari, Ronan Rocha, e Fábio Talarico. As demais ficarão sob responsabilidade da infantaria da PM.

Somente na Rodovia Cândido Portinari são esperados quase 60 mil veículos durante os dias do feriado.

A operação policial no Estado contará com todo o efetivo da Polícia Rodoviária, equipados com mais de 500 viaturas, radares de velocidade portáteis e o apoio de câmeras de monitoramento.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a Agência de Transporte do Estado (Artesp) e as concessionárias das rodovias também apoiarão a operação.

O efetivo contará, ainda, com centenas de aparelhos de etilômetro – o popular “bafômetro” – para a realização de testes de embriaguez durante fiscalizações da Lei Seca nos quatro dias de operação em todo o Estado de São Paulo.

Rigor

O motorista flagrado dirigindo embriagado será multado em R$ 2.934,70 e poderá ter o veículo apreendido e a carteira de habilitação retida por 12 meses, além de responder criminalmente. A pena pode variar de seis meses a três anos de prisão.


+ Segurança