Pesquisa revela que 66% dos brasileiros não finalizam suas compras virtuais

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 21 de maio de 2021 às 19:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Pesquisa realizada por uma consultoria especializada em e-commerce, mostra que 66% dos consumidores brasileiros não finalizam a compra via internet

Consumidores abandonam produtos de compras virtuais no carrinho

 

De acordo com uma pesquisa realizada por uma consultoria especializada em e-commerce, 66% dos consumidores brasileiros não finalizam a compra via internet.

Para não perder a venda no comércio eletrônico, cada vez mais as empresas investem em estratégias para fisgar o cliente que deixou o carrinho para trás.

O levantamento mostra que, em 2020, a porcentagem de desistência chegou a 71%.

“São consumidores que ficam desconfiados das lojas. Outras vezes, eles não prestam atenção no preço do frete, aí quando veem acabam abandonando o carrinho”, diz Mauricio Salvador, presidente da Abcomm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

O setor está aquecido. Em 2020, as compras on-line cresceram 68% em relação a 2019.

Foram 20 milhões de novas pessoas comprando virtualmente, algo que demoraria cinco anos para acontecer em outro cenário.

Segundo os especialistas, saem na frente as empresas que dão desconto e investem em marketing e em ferramentas que atraem o consumidor on-line.

O CEO da Enext, consultoria e-commerce e marketing digital, revela as principais ferramentas que estão sendo usadas no momento.

“Notificação por push, e-mail de carrinho abandonado, além de alertas no próprio site de que o produto que você colocou no carrinho ainda está disponível”.

Muitos consumidores já se ligaram nessas ferramentas e usam ao seu favor. A estudante Caroline Santini abandona os carrinhos de propósito em busca de vantagens.

“Muitas lojas dizem assim: vou te dar um desconto de tantos porcento ou insira esse código e ganhe desconto. Mas, para conseguir ver qual é esse desconto, você já tem que ter feito todo o cadastro como se fosse fechar a compra. Mas, quando o desconto não vale a pena, deixo lá o carrinho, não compro nada”, explica a consumidora.

*Informações CNN