Obras no Parque Ecológico de Rifaina estão morosas e população pede agilidade

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 8 de dezembro de 2020 às 00:55
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 10:49
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Prefeitura afirma que serviços estão ocorrendo para atender ao turismo sustentável

Quadra de areia está servindo para animais fazerem suas necessidades - Prefeitura relata que obras estão sendo realizadas (foto: Assessoria da Prefeitura de Rifaina)

Mesmo passado o período eleitoral, a população aguarda uma ação maior da Prefeitura de Rifaina nas obras do Parque Ecológico.

O Parque está aberto e servindo de abrigo a pessoas desconhecidas e que assustam crianças e adolescentes, pois alguns não são do Município – são transeuntes ou moradores de rua que estão de passagem pela cidade.

Moradores próximo ao Parque Ecológico tem acompanhado a entrada e saída de muitos estranhos, já que não existe um controle de frequência de pessoas.

Em nota no site da prefeitura, há um relato de que as obras foram retomados para a ampliação do Parque Ecológico Urbano “Geraldo Jorge”, usando verbas de R$ 1 milhão do FID – Fundo de Interesses Difusos – em convênio com a Secretaria de Justiça do Estado de SP.

Os recursos tem origem das multas aplicadas pela Secretaria de Justiça do Estado de SP e transformadas no FID que é repassado a Prefeitura de Rifaina.

EMPREENDIMENTO 

A Prefeitura relata, através de sua assessoria, que estão em construção um novo Quiosque já bem adiantado que já recebeu madeiramento, bem como as instalações hidráulicas e elétricas apresentadas de acordo com o projeto técnico apresentado pelo Departamento de Engenharia e Arquitetura da Prefeitura e aprovado pela Secretaria de Justiça do Estado.

Ao mesmo tempo também segue em construção o aterramento da área que abrigará a nova quadra de Vôlei de Areia do Complexo Esportivo que já conta de fases anteriores como o espaço cultural onde são realizadas aulas de esportes e recreação da Prefeitura e o Estádio de Chacrobol Elizabeth Rodrigues.

Na parte urbanística, o Parque Geraldo Jorge também está recebendo nesta fase os passeios e calçadas dotados de Piso retrátil.

O que tem deixado alguns moradores intrigados é a morosidade do ritmo das obras, que poderiam estar mais avançadas.