Em Serrana, casos de intubação são zerados após teste de vacinação em massa

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 8 de abril de 2021 às 23:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Enquanto a imunização contra a covid-19 avança lentamente no país, e Serrana, no interior de São Paulo, vive uma experiência única.

Agendamento da segunda dose em Franca está previsto para a próxima semana

Serrana, na região de Ribeirão Preto, foi escolhida para teste de vacinação em massa

 

Enquanto a imunização contra a covid-19 avança lentamente no país, e Serrana, no interior de São Paulo, vive uma experiência única.

A cidade é a mais “vacinada” do país e a sensação que parece se espalhar pelos moradores é de esperança de que o pior da pandemia ficou para trás.

Escolhido pelo Instituto Butantan para testar a eficácia da imunização em massa com a Coronavac, o município, na região de Ribeirão Preto, registra – quase dois meses após o início do projeto – queda nos casos graves de covid-19.

Desde o último fim de semana, nenhum paciente estava intubado na Santa Casa e na UPA local.

Autoridades ressaltam que é cedo para atribuir esse alívio sanitários à vacinação, mas os números levam conforto depois de um mês de março com recordes de mortes na cidade, como em todo o Brasil.

Cerca de 66% dos 28 mil serranenses com mais de 18 anos já receberam a segunda dose. Até domingo, 100% deles estarão imunizados.

Um cenário que, se tudo sair como esperam as autoridades, deve se realizar no país somente no fim deste ano.

Os resultados de Serrana devem ser divulgados pelo Butantan em maio.

*Informações Valor Econômico


+ Cidades