Escolas estaduais de São Paulo terão três períodos de férias neste ano

Segundo o calendário, agora, serão três períodos de férias diferentes, distribuídas a cada fim de bimestre.

Postado em: em Educação

​O governo de São Paulo decidiu reorganizar as férias escolares da rede estadual deste ano, como mostra o calendário letivo oficial, divulgado na quinta-feira (30). 

Agora, serão três períodos de férias diferentes, distribuídas a cada fim de bimestre.

De acordo com o cronograma estadual, o primeiro bimestre começa nesta segunda-feira (03) e o primeiro recesso ocorre entre os dias 20 e 24 de abril. 

Em julho, as férias diminuíram e serão entre os dias 10 e 26. E terceiro recesso será em outubro, a partir do dia 13 até o dia 16.  O ano letivo está previsto para terminar a partir do dia 23 de dezembro.

O governo disse em nota que o objetivo da mudança é organizar o planejamento das atividades pedagógicas e garantir que docentes trabalham nas redes estadual e municipal possam conciliar os períodos de recesso escolar e férias.

O número de aulas diárias também aumentou. Serão sete aulas diárias de 45 minutos cada, em vez de seis aulas de 50 minutos, como era no ano passado.

Isso representa um aumento de 15 minutos diários. As escolas vão receber ainda o Projeto de Vida, que oferecerá aulas em que o aluno realiza atividades para pensar  no futuro profissional.

Presidente da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), Maria Izabel Noronha, disse: 

“Somos contrários. Não tem nada do ponto de vista pedagógico que comprove que vá melhorar o ensino. Além disso, é um agravante para os professores, porque vamos continuar trabalhando. 

"O número de dias não garante qualidade de ensino. O que melhora o aprendizado é tecnologia nas escolas, planejamento arquitetônico, valoração do professor, materiais novos”, disse.


Artigos Relacionados