Formula Chopp

Tem uma empresa pioneira em serviço digital? Sebrae dá chance para boas iniciativas

  • F. A. Barbosa
  • Publicado em 26 de abril de 2021 às 21:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Tem uma empresa pioneira em serviço digital? Sebrae quer dar chance para as boas iniciativas

Sebrae Franca

Pequenos negócios inovadores de todo o Brasil, que atuam com inteligência artificial, podem participar de chamamento público

O Sebrae lançará nesta semana a Chamada Pública de Subvenção Econômica para selecionar uma empresa inovadora que possa desenvolver um serviço digital de automatização do processo de interpretação e resposta a dúvidas técnicas e/ou empresariais dos pequenos negócios.

O desafio é interpretar as perguntas técnicas/comerciais dos pequenos negócios e, por meio de uma solução inovadora, responder aos questionamentos de forma natural, assertiva e integrada, com base nas informações contidas em banco de dados.

Não se trata de um serviço a ser adquirido pela instituição, mas de fomento do desenvolvimento de um serviço inovador para o mercado, beneficiando os pequenos negócios de todo país.

“O Sebrae está investindo em uma startup para que possa desenvolver um serviço que ainda não existe no mercado, podendo ser comercializado”, explica o analista de inovação do Sebrae, Agnaldo Dantas.

“Entendemos que a iniciativa resolverá o problema de um pequeno negócio, que terá a oportunidade de receber o dinheiro para elaborar um serviço que será dele”, acrescenta.

Para participar do edital, a microempresa ou empresa de Pequeno Porte deve ter receita bruta anual igual ou inferior a R$ 4,8 milhões.

Etapas

Toda a ação ocorrerá on-line, desde os processos de divulgação, de seleção e o uso da solução de mercado desenvolvida, a ser plugada nos canais digitais de atendimento do Sebrae.

O processo seletivo e de desenvolvimento engloba as etapas de inscrição, por meio do envio da documentação específica da primeira fase e proposta de inovação.

Na sequência, a banca avaliadora fará a análise das propostas de inovação. Os próximos passos são a divulgação das cinco proponentes pré-selecionadas e a entrega da documentação específica de cada uma delas. Na segunda fase, após a divulgação das selecionadas, haverá a assinatura de Acordo de Sigilo (NDA) e contrato para Mínimo Produto Viável (MVP) e a interação técnica entre o Sebrae e as proponentes para esclarecimentos adicionais.

Cada uma das 5 selecionadas receberá uma parcela de recursos não-reembolsáveis para o desenvolvimento do seu MVP, que será objeto de avaliação para a escolha da finalista que, então, receberá os recursos de subvenção para o desenvolvimento da solução final para o mercado.

A disponibilização do serviço nos canais de atendimento do Sebrae está prevista para ser efetivada até o início de 2022.


+ zero