Formula Chopp

Secador de cabelo: amigo ou vilão dos fios? Saiba tudo sobre seu uso aqui

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 22 de dezembro de 2020 às 00:20
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 12:19
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

​Na correria do dia a dia, o secador de cabelo é uma verdadeira mão na roda. Mas é preciso cautela com o uso

Na correria do dia a dia, o secador de cabelo é uma verdadeira mão na roda. 

O acessório é um aliado para secar os fios antes de dormir, modelar as madeixas ou ajudar na finalização do penteado, transformando o visual em poucos minutos. 

Mas há quem diga que essa ferramenta, por ser uma potente fonte de calor, pode danificar (e muito) os fios.

Será que, no fim das contas, o secador é amigo ou vilão do cabelo? 

Segundo a tricologista Viviane Coutinho, a resposta certa é depende: “Tudo varia de acordo com a maneira que o aparelho for utilizado”. 

“Se você fizer isso sem nenhum tipo de cuidado, ele é capaz de afetar a saúde capilar”. Confira as dicas da especialista para acertar no uso!

Passo a passo para usar o secador de cabelo corretamente

Passo 1: protetor térmico​

Para amenizar os danos causados pelo calor excessivo produzido pelo secador de cabelo, o primeiro passo é apostar em um protetor térmico em todo o comprimento dos fios. 

“Esse produto funciona como uma película protetora ao redor das mechas e protege a fibra capilar do ar quente, evitando o ressecamento do cabelo“, explica Viviane. 

Além disso, ela recomenda o uso do cosmético antes da chapinha e do babyliss, aparelhos que também emitem calor.

Passo 2: temperatura e distância​

Ainda que você esteja com pressa, é fundamental prestar atenção na temperatura do secador de cabelo, evitando que esteja muito alta. 

Isso porque, quando a ferramenta está quente demais, os danos aos fios são ainda maiores. 

Outra dica é manter uma distância de cerca de 30 centímetros entre o secador e o cabelo, para que o calor não prejudique os fios e o couro cabeludo.

Passo 3: fios úmidos​

Saiu do banho e o cabelo está muito molhado? Retire o excesso com uma toalha e vá secando em temperatura média, até que esteja menos úmido. 

“Quando ele estiver parcialmente seco, aí você começa a fazer o que pretende, seja modelar, finalizar, montar um penteado, entre outras opções”, diz a tricologista.

Passo 4: rotina de cuidados​

Se engana quem pensa que os cuidados com o uso do secador nos cabelos se resumem ao momento de utilizar a ferramenta. 

Manter uma rotina de hidratação, nutrição e reconstrução é uma ótima forma de manter os fios fortalecidos e bem cuidados. 

“É essencial proporcionar aos fios programas de tratamento para repor nutrientes importantes que vão se perdendo com o tempo, utilizando secador ou não”.

Passo 5: frequência​

Por ser uma ferramenta prática, muita gente usa o secador diariamente, sem prestar atenção nas precauções que ele exige. 

Com o tempo, os fios vão ficando mais frágeis e quebradiços, resultando em queda de cabelo; e o próprio couro cabeludo também sai prejudicado. 

A região da cabeça fica mais sensível, podendo sofrer com descamações e até mesmo inflamações cutâneas.

“O mais importante é manter os cuidados no dia a dia. O secador tem tudo para facilitar a vida de quem o utiliza”. 

“É só usar com cautela, tomando as precauções necessárias. Mas, quando não houver necessidade, o melhor é deixar as madeixas secarem ao natural“, finaliza a profissional.

*Informações Alto Astral


+ Beleza