Programa Professor Conectado já tem quase 50 mil adesões no Estado

  • Salvador Netto
  • Publicado em 18 de novembro de 2020 às 21:04
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 08:48
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Para solicitar o benefício, professor deve ministrar aulas na rede, ou exercer a função de coordenador

O programa Professor Conectado, que subsidia a compra de computadores (desktops ou notebook) ou tablets até R$ 2 mil para professores da rede estadual, já recebeu quase 50 mil adesões. 

A expectativa é que, no total, 161 mil professores que atuam na Secretaria Estadual da Educação sejam beneficiados.

O reembolso parcial ou total será pago em até 24 parcelas mensais, que começam a partir de janeiro de 2021 e terminam em dezembro de 2022. 

O fim do pagamento das parcelas ocorrerá no dia 31 de dezembro de 2022, ainda que o professor realize a adesão ao programa depois de janeiro de 2021. 

O reembolso das parcelas será realizado na conta bancária funcional do docente.

Perderá o direito ao percebimento da parcela mensal do subsídio o docente que, no mês de referência: cometer falta injustificada; deixar de lançar notas e frequência no diário digital; não cumprir a carga horária mínima de 2 horas mensais complementares às horas de Aula de Trabalho Pedagógico Coletivo (ATPC).

Interessados podem se inscrever até 3 de março de 2021 através da Secretaria Escolar Digital. Para solicitar o benefício, o professor deve ministrar aulas ou classes na rede estadual de São Paulo, ou ainda exercer a função de professor coordenador.