Formula Chopp

Perdeu, chef! Saiba quais são os sinais de que a comida estragou e dispense-a

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 23 de março de 2021 às 23:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Além do prazo de validade, alimentos dão sinais de que estragaram ou estão impróprios para consumo. Saiba identificá-los

Além do prazo de validade, alimentos dão sinais que estão impróprios para consumo

 

Se aventurar na cozinha nem sempre é tarefa fácil. É preciso o mínimo de conhecimento até mesmo para saber quando um alimento já se deteriorou e é preciso descartá-lo.

Veja aqui como identificar os ingredientes mais usados na cozinha que apresentam sinais de que estão estragados:

Condimentos

Os condimentos são alimentos duradouros, quando armazenados de forma adequada na geladeira.

A melhor maneira de saber quando eles estragam é um odor desagradável ou crescimento de mofo em qualquer lugar dentro das garrafas / potes.

Ovos

A maneira mais fácil de testar o frescor dos ovos é colocá-los em uma tigela com água fria. Se afundarem, são muito frescos.

Se eles ficarem de pé em uma das extremidades, eles estão um pouco velhos e ainda podem ser utilizados.

Se eles flutuarem para a superfície, provavelmente são muito antigos e devem ser jogados fora.

Manteiga

Normalmente, a manteiga não dura o suficiente em uma casa para estragar, mas, caso isso aconteça, aqui está o que você deve observar: descoloração, gosto ou cheiro azedo. Normalmente, a manteiga dura até 4 meses na geladeira.

Pão

Para todos os tipos de pão, qualquer sinal de mofo significa que está proibido. Mesmo que seja apenas uma parte ou fatia visivelmente com bolor, jogue fora o resto.

O pão é muito poroso, o que facilita a rápida propagação do mofo nele. O mofo pode vir em várias cores, de cinza-azulado a branco, portanto, certifique-se de examinar de perto o pão que está guardado há algum tempo.

Comida enlatada

Alimentos enlatados podem parecer durar para sempre (do lado de fora, pelo menos), mas não se deixe enganar.

Quanto mais o tempo passa, mais muda a qualidade do interior dessas latas.

Em primeiro lugar, você precisa examinar a condição física da lata. Está amassado, enferrujado ou tem uma tampa protuberante? Todos estes são sinais de que o conteúdo interior foi comprometido.

Leite

O melhor indicador de leite estragado virá de seu odor. Se tiver algum cheiro estranho, provavelmente está estragado.

Frutas

A fruta é um dos alimentos mais fáceis de examinar quanto à possível deterioração, o que é mais comumente confirmado por uma mudança na textura e na cor.

Muito mole, descoloração extrema, pele enrugada, a presença de mofo ou um odor desagradável são todos sinais de que a fruta não é mais comestível.

Algumas frutas, como bananas, podem mudar de cor e textura e ainda assim serem boas para comer – bananas com cascas que ficaram pretas significam que estão excessivamente maduras, e sua textura pastosa torna-as excelentes candidatas para assados como pão de banana.

Aves

Quando se trata de carne de frango crua, nem sempre é possível ir pela cor para julgar seu frescor.

Algumas carnes têm uma cor branca clara ou bege, enquanto outras são amarelas, vermelhas ou rosadas.

A única cor que realmente deve afastá-lo é um cinza opaco, até mesmo esverdeado/azulado. Além disso, os sinais mais confiáveis a serem observados em aves estragadas incluem um cheiro desagradável e / ou uma textura viscosa.

Frios, carnes em conserva…

A carne em conserva que dura mais de cinco dias na geladeira depois de aberta provavelmente contém toneladas de conservantes e passou por processamento pesado.

Não é natural. Carne real, fresca, que estragou, germinará mofo e assumirá uma textura visivelmente viscosa. Também pode cheirar a vinagre ou amônia. Não arrisque, jogue fora!

Carne vermelha

A carne vermelha é semelhante às aves, mas nem sempre a cor é o melhor indicador de deterioração.

Manchas marrons não significam necessariamente que não é mais bom, mas se forem acompanhadas por um odor ruim, viscoso, uma superfície pegajosa, jogue fora a carne.

Além disso, se a carne ficou muito escura ou desbotada, provavelmente não está mais adequada para consumo.

Peixe

O peixe já cheira, bem, mas cheira a peixe fresco… se o odor for anormalmente intenso ou ácido, isso pode significar que está estragado.

Ele também pode ter uma textura viscosa e pegajosa, semelhante ao que você veria em aves estragadas ou carne vermelha. Como regra geral, você não deve manter peixes por mais de um dia ou 36 horas bem refrigerado.

Queijo

O queijo é um dos alimentos mais difíceis de avaliar quanto à deterioração porque alguns deles realmente melhoram com o tempo.

É bom ter em mente que queijos frescos e macios, como mussarela de búfala, camembert, cream cheese, Minas frescal e queijo feta estragam muito mais rápido, devido ao seu teor de umidade.

Os queijos duros, por outro lado, incluindo o parmesão, o cheddar e o queijo suíço, duram muito mais.

Mesmo que você veja algum mofo crescendo do lado de fora, você pode facilmente raspar esses pedaços e ainda consumir com segurança o que sobrou.

*Informações Receitas Sem Fronteiras


+ Gastronomia