Palestra sobre Cadastro Positivo atrai público de 120 pessoas à ACIF

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 5 de julho de 2019 às 22:13
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 19:39
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Encontro regional da Facesp contou com as presenças do presidente, Alfredo Cotait e o vice, Marco Bertaiolli

A ACIF (Associação do Comércio e Indústria de
Franca) sediou, na manhã da última sexta-feira, 05 de julho, o encontro da
Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo) que reuniu
16 entidades de Franca e região.

O evento, além de ter tratado das demandas dos
federados, abriu espaço para que empresários participassem de uma palestra de
esclarecimento sobre o Cadastro Positivo: banco de dados sobre bons pagadores
que teve lei sancionada para que consumidores e empresas fossem automaticamente
incluídos em sua base.

“O Cadastro Positivo é uma revolução extraordinária
na indústria do crédito”, afirmou o presidente da Facesp, Alfredo Cotait, que
aproveitou para reforçar o apoio da federação à Reforma da Previdência. “Temos
grandes mudanças também na macroeconomia, como a Reforma da Previdência, que
segue para o plenário na semana que vem e cuja aprovação é fundamental para
melhorar o ambiente dos negócios”

Para o presidente da ACIF, Tarciso Bôtto, o saldo
do encontro foi positivo. “Tivemos acesso a um conteúdo esclarecedor sobre um
tema que causará impacto no meio empresarial, o Cadastro Positivo. Contamos com
uma ótima adesão, cerca de 120 pessoas, e acredito que encontros como este
contribuam para o fortalecimento da classe empreendedora e com a busca por representatividade.

A presidente do Conselho da Mulher Empreendedora do
Estado de São Paulo, Ana Claudia Badra e o vice-presidente da 19ª Região
Administrativa da Facesp, João Cheade, e também estiveram presentes no
encontro. “A alegria de ter a casa cheia é o que faz com que continuemos a
trabalhar em prol da nossa comunidade”, disse Cheade.

Na oportunidade, o vice-presidente da Facesp e
deputado federal, Marco Aurélio Bertaiolli, abordou as questões do Cadastro
Positivo.

“O Cadastro positivo é uma grande inovação na
concessão de crédito no Brasil. Ele possui uma lógica inversa ao SCPC, que é o
banco de dados que acumula as informações negativas do consumidor, aqueles
episódios em que ele deixou de pagar uma prestação”, explicou Bertaiolli. “Já o
Cadastro Positivo não analisa um único momento em que uma conta não foi paga,
mas o histórico do consumidor vê como ele se comporta diante das contas,
produtos e serviços que adquire, desde a conta de luz à compra de uma
geladeira, por exemplo.”

A expectativa é de que, com a implantação do
Cadastro Positivo, haja queda no custo das linhas de crédito para bons
pagadores.

Confira os principais aspectos do Cadastro Positivo

O que é?

O Cadastro Positivo é o banco de dados com
informações de pagamento (pagas em dia e/ou com atraso) dos compromissos
financeiros e pagamentos relativos às operações de crédito e aos serviços
continuados dos consumidores (pessoa física ou jurídica).

Quais dados financeiros ele disponibiliza?

Data do vencimento da fatura/parcela / Data do
pagamento da fatura/parcela / Valor da fatura/parcela /Valor pago da
fatura/parcela.

Informações excessivas, como item comprado pelo
consumidor, e sensíveis, como as pertinentes à origem social e étnica, à saúde,
à informação genética, à orientação sexual e às convicções políticas,
religiosas e filosóficas não são disponibilizadas pelo Cadastro Positivo.

O que não faz parte do Cadastro Positivo?

Transações pagas à vista / Saldo em conta corrente
/ Limites / Investimentos / Renda / Aposentadorias.

A partir de quando poderá ser consultado?

De acordo com o cronograma, o prazo para
disponibilização de produtos positivos (score e relatórios) dos birôs para o
mercado é 6 de setembro.

CREDITO DAS IMAGENS: Wilker
Maia/ACIF