Não beber água suficiente durante o dia traz três (péssimas) consequências

  • Salvador Netto
  • Publicado em 4 de novembro de 2020 às 18:48
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 07:25
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

É fundamental que todos passem a ingerir pelo menos oito copos por dia ou dois litros

Com certeza você já ouviu dizer que não beber água suficiente faz mal ao organismo, e sim é fundamental que aposte em ingerir pelo menos oito copos por dia ou dois litros, segundo explica um artigo publicado no jornal “Metro”.

Beber água é essencial, para que o corpo humano consiga realizar eficazmente quase todas as funções biológicas.

E de acordo com a médica Maya Feller: “[a pessoa] perde água regularmente, quando respira, quando processa, quando digere comida. E nem percebe”.

E quando o organismo tem carência de água há consequências nefastas. Eis, conforme aponta o jornal “Metro”, as três principais:

Cefaleia
O cérebro é, frequentemente, o primeiro órgão, que alerta para a necessidade de beber mais água, manifestando esse déficit na forma de dores de cabeça ligeiras a intensas.

“Os vasos sanguíneos ao redor do nosso cérebro são muito sensíveis, então se não beber água suficiente, podem reagir à mudança no volume sanguíneo e isso pode aumentar a probabilidade de dor de cabeça”, conta a nutricionista Dana Hunnes.

Prisão de ventre
Perante a desidratação, o sistema digestivo pode sofrer e ter problemas no seu funcionamento, manifestando esse ‘estresse’ através da obstipação ou prisão de ventre.

Dana garante: “não ter água suficiente no trato gastrointestinal pode tornar as fezes mais secas e, portanto, mais difíceis de evacuar”.

Fome
Mais ainda, a desidratação também pode fazer com que sinta fome constantemente, quando afinal se trata de sede. Tal ocorre porque ambos os sinais que nos alertam para a sensação de fome ou sede têm origem na mesma zona do cérebro, conhecida por hipotálamo.

Por isso, beber pouca água pode fazer com que coma mais e consequentemente engorde!