MAIS SOBRE A MÚSICA

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 7 de junho de 2017 às 10:56
  • Modificado em 29 de outubro de 2020 às 23:56
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

…E O BARQUINHO VAI

Quem não conhece, levanta a mão!

Não, não é o mesmo texto da semana passada, não ! Só a convocação pra levantar a mão..!

Essa frase aí em cima, mesmo quem nem sabe o que foi ou ainda é “bossa-nova” conhece e já cantarolou alguma vez. É desfecho da letra de uma das músicas mais emblemáticas do movimento musical surgido no final dos anos 50, início dos 60 e que, volta e meia, ressurge, principalmente no exterior. E discussão vai, discussão vem, a “bossa” tá sempre aí, viva ! Com ou sem influência, influenciando ou não o jazz ! Mas preste atenção : mais do que nunca, nos dias de hoje, tem despertado a curiosidade de muito papa da música americana lá nos States e grandes intérpretes no mundo todo. Levante as antenas aí e verá quanta regravação de nossos maiores hits (digo da “bossa”).

“O Barquinho”, que virou “Little Boat”, é uma das que ganham repetidas releituras. Leva a assinatura de Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli, E inúmeras são as histórias que se lê e se ouve a respeito dessa jóia da música brasileira. Simples, mas valiosa.

Segundo consta, Menescal gostava de pescar com os amigos, entre Cabo Frio e Arraial do Cabo, utilizando-se de uma traineira alugada, de dez lugares e motor a gasolina acompanhado, invariavelmente, de Nara Leão (sua namorada à época) e do parceiro Bôscoli. Num dos passeios, o barco teve problemas e ficou à deriva por várias horas, período em que, pra afastar o tédio e o medo, o compositor dedilhava uma melodia ao violão e, finalmente à tardinha, quando surgiu socorro e puderam retornar a terra firme, cantarolava “O barquinho vai…A tardinha cai”… No dia seguinte, passado o susto, encontraram-se e completaram o que seria a canção de grande sucesso, transformando o quase trágico episódio em um “Dia de luz, festa do sol” …

E, rapidamente, “O Barquinho” deslizou pros primeiros lugares das paradas musicais, ganhando logo de cara várias gravações como as de João Gilberto e Maysa, esta, mais apreciada até que a de seu lançador, João.

Conversa puxa conversa, diz-se que o tecladista Walter Vanderley (cobrão que ficou mais conhecido nos USA do que aqui) quase foi à loucura  durante a gravação de João Gilberto, por não conseguir reproduzir no órgão, um ronco de navio no exato timbre que o cantor insistia em lhe transmitir com a voz !

No arremate do disco, surge o “Maestro Soberano” Tom Jobim que consegue arrancar, nos trombones, o tal ronco imaginado e desejado pelo João.

…E o barquinho…vai.

Fontes : Internet e “A Canção No Tempo” – Jairo Severiano/Zuza Homem de Mello

Foto: Liga Entretenimento/Divulgação

3 CURTAS SOBRE A MÚSICA

1. GAROTA DE IPENEMA: Segundo consta, é a segunda música mais executada da história, ficando atrás, apenas, de Yesterday. São seus autores Tom Jobim e Vinícius de Moraes.

2. GUITARRA ELÉTRICA:  Credita-se a criação desse instrumento ao músico George Beauchamp e ao engenheiro eletricista Adolph Rickenbacker, em 1931, nos Estados Unidos.

3. PRIMEIRO ROCK : Foi uma consagrada cantora de samba-canção quem deu o “pontapé inicial” do rock no Brasil. Seu nome era Nora Ney e a música “Rock Around The Clock”, original de Bill Halley & His Comets. Era outubro de 1955.

Fonte :  Revista “Música”      

BENY CHAGAS MUSIC SHOW

Mais Brasil FM – 101,3 Mhz – e www.radiomaisbrasil.com.br – Franca, SP : sábado e domingo às 10h.

radionovaip.com.br – Ribeirão Preto – SP : Sábado às 11h e  domingo às 12h.

ponto1000.com – Ribeirão Preto – SP : segunda a sexta  07 e 22h.

                                                                  sábado  07, 10 e 22h.

                                                                  domingo  07, 12 e 22h.

portalmusicalfranca.com.br – Franca – SP : quinta, sexta e sábado 18 h.

Rádio Viva Manaus – Web Rádio Studio Y – Manaus – AM – Domingo 18:00 (19 h. Brasília).    

Envie suas sugestões para inclusão nos roteiros de programação: (16) 3017-2030, whats app (16) 9 8192-6052 e e-mail [email protected]

*Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.