Maior evento brasileiro sobre moda, São Paulo Fashion Week será realizado online

  • Marcia Souza
  • Publicado em 23 de junho de 2021 às 20:00
  • Modificado em 23 de junho de 2021 às 20:04
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Mulheres em situação de vulnerabilidade social farão parte da próxima edição da semana de moda

 

Mulheres em situação de vulnerabilidade social farão parte da próxima edição da semana de moda

Começa hoje (23) em São Paulo a 51ª edição da São Paulo Fashion Week (SPFW), maior evento de moda do país.

Totalmente online, o tema deste ano é Regeneração, conceito que envolve aspectos como protagonismo feminino, empreendedorismo, inclusão e tecnologia.

Em formato de festival, as atividades ocorrem até o dia 27 e contam com 43 marcas.

Quem abre a passarela no primeiro dia de desfile é Ronaldo Fraga, seguido por Aluf, Ateliê Mão e Mãe, Meninos Rei, Anacê, Samuel Cirnansck e Àlg. Lilly Sarti encerra a noite. As transmissões diárias têm início às 18h com apresentação de Paulo Borges, Graça Cabral e Lala Deheinzelin que recebem convidados e, às 19h, começam os desfiles.

Dez marcas vão estrear na SPFW de 2021: Anacê, Carol Bassi, Esfér, Igor Dadona, Neith Nyer, Rocio Canvas, Ronaldo Silvestre, Soul Básico, Victor da Justa e Weider Silveiro. Além disso, os estilistas Samuel Cirnansck e Wilson Ranieri voltam à programação da semana de moda.

Outra novidade é a participação do projeto Sankofa, coletivo de estilistas negros com oito marcas: Ateliê Mão de Mãe, Az Marias, Meninos Rei, Mile Lab, Naya Violeta, Santa Resistência, Silvério e Ta Estudios.

O projeto é uma iniciativa da plataforma Pretos na Moda e da startup de inovação social VAMO e tem o apoio do Instituto Nacional de Moda e Design.

Com curadoria de Marcello Dantas, a semana de moda terá intervenções interativas e live streaming dos desfiles e apresentações.

O Festival SPFW+ Regeneração terá quatro encontros criativos entre estilistas em colaboração com convidados de áreas diversas.

A criação desses encontros formará instalações artísticas que vão ocupar São Paulo em novembro na nova temporada da SPFW. “É o futuro da moda co-criado por designers e profissionais na fronteira da inovação”, ressalta o texto de divulgação do evento.

Entre os estilistas e convidados dos encontros criativos estão Ronaldo Fraga e Neka Mena Barreto; Fernanda Yamamoto e Comunidade Yuba; Luiz Cláudio e Djamila Ribeiro; e Oskar Metsavaht e Sidarta Ribeiro.

No âmbito da inclusão social, em parceria com a prefeitura de São Paulo, o Festival SPFW vai promover ações de agosto a novembro com a capacitação de 40 costureiras do bairro Cidade Tiradentes, zona leste paulistana.

Além disso, mulheres em situação de vulnerabilidade social farão parte da próxima edição da semana de moda, a ser realizada em novembro.