Formula Chopp

Jovens jornalistas podem concorrer a bolsa na China para mestrado e doutorado

  • Joao Batista Freitas
  • Publicado em 3 de março de 2021 às 20:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

A bolsa ANSO apoia 200 alunos de mestrado e 300 alunos de doutorado todos os anos para buscar educação de pós-graduação

A Aliança de Organizações Científicas Internacionais (ANSO), organização não governamental sem fins lucrativos que reúne 37 instituições internacionais de ciência e educação de todo o mundo, abriu inscrições para a bolsa de estudos ANSO, destinada a recém-formados interessados em fazer pós-graduação na China.

A bolsa ANSO apoia 200 alunos de mestrado e 300 alunos de doutorado todos os anos para buscar educação de pós-graduação na Universidade de Ciência e Tecnologia da China (USTC), na Universidade da Academia Chinesa de Ciências (UCAS) ou em institutos da Academia Chinesa de Ciências (CAS) em torno da China.

A bolsa cobre mensalidades, auxílio mensal de 3 mil RMB (R$ 2.583,00) para mestres e entre 6 mil RMB (R$ 5.166,00) e 7 mil RMB (R$ 6.027,00) para doutores, seguro de saúde, inscrição e subsídio de viagem.

O programa de mestrado tem duração de 36 meses e o de doutorado, 48 meses.

Para se inscrever, é preciso enviar currículo, diploma de graduação, duas cartas de referência, proposta detalhada de pesquisa, cinco exemplos de artigos científicos publicados e comprovante de proficiência em inglês ou chinês.

As inscrições vão até 31 de março e podem ser feitas pelo site.​


+ Educação