Filtro de barro mofa? Aprenda a limpar a camada branca formada na cerâmica

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 25 de dezembro de 2020 às 00:05
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 12:37
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

​Quem segue à moda antiga e prefere usar o clássico filtro de barro, já está familiarizado com os cuidados

​Quem segue à moda antiga e prefere usar o clássico filtro de barro (no lugar dos modernos), já deve estar familiarizado com os cuidados periódicos necessários para mantê-lo sempre limpinho. 

Mas e quando uma camada branca – parecida com manchas de bolor – começa a se formar na parte externa da cerâmica?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, essa espécie de “mofo” branco, na verdade, não pode ser caracterizada como um tipo de fungo ou bolor. 

Derivada de um fenômeno conhecido como “eflorescência”, a água que atravessa os poros da cerâmica e troca calor com o ambiente acaba criando um “depósito” de sais minerais do lado de fora do filtro, que muitas vezes é confundido com as manchas de bolor. 

E, embora seja um processo natural que não oferece riscos à saúde, o acúmulo de eflorescência expõe o filtro aos micro-organismos do ambiente – que, por sua vez, não fazem bem para o nosso organismo. 

É possível tirar o ‘mofo’ de filtro de barro com uma boa esponja de limpeza​

Para limpar o filtro periodicamente e se livrar desse falso mofo – que nada mais é do que a camada branca formada na cerâmica do filtro -, a primeira dica é ter a esponja de limpeza como a sua melhor amiga. 

Ao contrário do que parece, a superfície interna do filtro de barro é bastante porosa e, por isso, fazer uma limpeza simples usando apenas água e uma esponja – tanto por dentro quanto por fora do filtro – pode ser fundamental para não danificar o processo de filtragem. 

Basta passar o lado macio da esponja na parte externa do recipiente e repetir o processo a cada 15 dias.

Para fazer uma solução mais forte, use um tipo específico de água sanitária​

Quando a camada branca estiver mais intensa e tomar boa parte do filtro, uma outra forma de resolver o problema é usando um tipo específico de água sanitária recomendado para a higienização de frutas e legumes. 

Por poder ser usada em alimentos – e possuir registro no Ministério da Saúde – o produto serve para limpar a parte externa do filtro de barro sem correr o risco de comprometer a sua saúde. 

A dica, nesse caso, é verificar se o rótulo possui a recomendação necessária e olhar a porcentagem do cloro ativo que deve estar entre 2,0% a 2,5% p/p. 

Depois, é só diluir o produto conforme as instruções da embalagem e esfregar o filtro com o lado macio da esponja. 

Ao final do processo, lembre-se de enxaguar bem com bastante água, deixe o filtro secar naturalmente e só depois coloque a água que você irá beber.

Evite o uso de detergentes, desinfetantes e outros produtos de limpeza para limpar o filtro de barro​​

Com exceção da água sanitária recomendada para higienizar frutas, legumes e verduras, evitar o uso de detergentes, desinfetantes e outros produtos de limpeza é extremamente importante quando se trata do filtro de barro. 

Devido à sua porosidade, a química desses produtos pode acabar afetando a parte interna do filtro e corromper todo o processo de purificação da água. 

Por isso, o ideal é usar somente uma esponja de limpeza umedecida com água e esfregar a camada branca do barro até que toda a eflorescência seja removida.

*Informações Casa Prática Qualitá