Formula Chopp

Obras Avenida Champagnat: empresas têm até hoje (08) para visitas técnicas no local

  • Entre linhas
  • Publicado em 7 de maio de 2020 às 20:04
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 20:41
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Projeto do complexo viário tem previsão de investimentos de R$ 2,8 milhões e término ainda este ano

Termina nesta sexta-feira, 8 de maio, o prazo para que empresas interessadas em participar com propostas das obras de construção do cruzamento em nível nas Avenidas Champagnat e Dr. Ismael Alonso y Alonso agendem e realizem a visita técnica ao local. 

Até essa quinta-feira, 04, algumas empresas haviam solicitado informações, algumas tendo realizado os levantamentos preliminares e recolhendo mais informações sobre o projeto. 

A abertura das propostas e encerramento do prazo para entrega dos envelopes é na segunda-feira, dia 11, às 9h30.

As obras

Em entrevista coletiva com a imprensa no mês passado, o prefeito Gílson de Souza deu detalhes do projeto do complexo Viário do Champagnat x Ismael Alonso y Alonso, com previsão de término no meio do segundo semestre. 

Trata-se de um projeto concebido com cuidado, precedido de estudos técnicos e análise de tráfego nos vários sentidos e horários variados, feitos por uma empresa de Belo Horizonte, balizado também com as condições orçamentárias do município, ou seja, resolver um problema que se alongava por décadas investindo menos, mesmo que estes recursos sejam extra orçamentários, vindos de repasses do Pré-Sal.

Conforme já foi destacado em ocasiões anteriores, o projeto do complexo viário do Champagnat x Alonso y Alonso é resultado de muitos esforços, envolvendo engenharia e análises técnicas que permitirá uma execução com agilidade e sem causar maiores transtornos nas imediações. 

Será um cruzamento em nível, onde uma ponte surgirá no centro da rotatória existente, mantendo a vazão no canal sem alterações, permitindo a ligação direta das duas pistas da Av. Champagnat, com 4 alças laterais com arborização cuidadosamente projetadas com ilhas verdes. 

Serão aproveitadas áreas públicas ociosas, portanto, sem necessidade de desapropriações.

Na Av. Alonso y Alonso, pouco acima, uma segunda ponte será construída, cuja finalidade será dar vazão ao tráfego de quem faz o sentido Av. Champagnat (bairro -centro) e tenha como destino adentrar a Avenida marginal com direção aos Jardins Consolação, Av. Hélio Palermo, Jardim Francano e adjacências.

Uma das pontes já existentes na parte de baixo, terá a mesma finalidade para quem faz o sentido oposto pela Av. Champagnat e deseja seguir no sentido bairro São José, Lanchão, e viaduto Dona Quita. Deverão auxiliar e participar da execução das obras complementares equipes da Emdef e também da Secretaria de Serviços e Meio Ambiente. 

Os valores previstos na ordem de R$ 2,8 milhões, estão sujeitos a alterações já que a escolha licitatória tem como critério o melhor preço.

As empresas que ainda desejarem participar da licitação devem entrar em contato com a Secretaria de Planejamento, ainda nesta sexta-feira, 08, e na segunda-feira, 11, protocolarem pela manhã suas propostas na Comissão de Licitações (Rua Frederico Moura, 1517, Cidade Nova).


+ Trânsito