Disputa eleitoral em Pedregulho é tratada com muita paixão por eleitores

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 1 de novembro de 2020 às 12:29
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 07:06
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Paixão externada pelos eleitores em Pedregulho pode ser vista nos telhados e postes das residências

Dirceu Polo Filho (PSDB), de 41 anos, e Roberto Abrão (MDB), de 71, disputam Prefeitura entre 11.455 eleitores

Moradores de Pedregulho (SP) estão fixando bandeiras de cores distintas nos telhados de casa para demonstrar apoio aos dois candidatos que vão disputar a Prefeitura em 2020. Ao todo, são 11.455 eleitores na cidade.

Os moradores se revezam entre bandeiras amarelas e verdes para demonstrar apoio ou a Dirceu Polo Filho (PSDB), de 41 anos, ou a Roberto Abrão (MDB), de 71.

A ideia ganhou as casas da cidade há cerca de duas semanas e encontrou adeptos como a sapateira Flávia Cristina Fernandes da Silva. “A bandeira é um jeito de mostrar que está no sangue o apoio ao nosso candidato”, diz.

O professor de português Jasiel Almeida fez o mesmo. Ele diz que, independente do apoio ao candidato, a prática mostra a força da democracia na cidade. “O voto é importante. Foi conquistado com muita luta pelos nossos antepassados”, diz.

A moda, no entanto, não conquistou todos os moradores de Pedregulho. A cabeleireira Rosineide Morais, que mora há 40 anos na cidade, se considera politicamente engajada, mas não acredita que essa é uma prática que faça a diferença.

“É fundamental o voto. É só através dele que a gente consegue mudar as injustiças e as desigualdades. Fico triste quando ouço alguém dizer que não vai votar em ninguém e está dando oportunidade para outra pessoa escolher para gente”, diz.

O professor de ciência política Murilo Gaspardo, da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Franca (SP), enxerga com bons olhos a manifestação, por demonstrar o engajamento político dos moradores.