Formula Chopp

Dieta cetogênica pode ajudar alcoólatras a abandonar o vício, mostra pesquisa

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 16 de abril de 2021 às 17:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Os pesquisadores acreditam que a dieta cetogênica foi capaz de reduzir a inflamação do organismo, além de ajudar a estabilizar a química cerebral

Dieta cetogênica pode aliviar sintomas de abstinência em alcoólatras

 

Uma pesquisa conduzida pelo Instituto Nacional de Abuso de Álcool e Alcoolismo (NIAAA, da sigla em inglês) dos Estados Unidos descobriu que a dieta keto, também conhecida como cetogênica, com alto teor de gordura e baixo teor de carboidratos, pode ajudar a aliviar sintomas de abstinência em alcoólatras.

Os dados foram publicados na revista científica Science Advances.

Os especialistas acompanharam 33 homens e mulheres saudáveis com histórico de abuso de álcool durante três semanas. Os voluntários se comprometeram a não beber no período.

Uma parte do grupo recebeu a orientação para seguir uma dieta cetogênica, com 80% de calorias diárias provenientes de gorduras boas e 5% de carboidratos. O restante dos participantes seguiu uma dieta padrão.

Conforme a necessidade de cada um, participantes de ambos os grupos receberam medicamentos para ajudar com sintomas de abstinência, que podem incluir ansiedade, tremores, náuseas, suor, febre e insônia.

De acordo com o trabalho, os voluntários que estavam seguindo a dieta cetogênica necessitaram de menos remédios para controlar os sintomas de abstinência do que os do grupo controle.

Eles também afirmaram sentir menos impulso de beber.

Os pesquisadores acreditam que a dieta cetogênica foi capaz de reduzir a inflamação do organismo, além de ajudar a estabilizar a química cerebral de pacientes alcoólatras.

A alimentação teria atuado na redução dos sintomas e facilitado a transição do cérebro a um estado sem álcool.

De acordo com os especialistas, quando há um alto consumo de álcool, o cérebro passa a depender menos da glicose (ou açúcar) para obter energia.

Assim, quando um indivíduo para de beber, o cérebro precisa se reajustar à glicose como fonte de energia, o que pode levar a sintomas graves.

A dieta cetogênica baseia-se na restrição máxima de carboidratos, o que induz o corpo a um estado de cetose, em que o organismo queima gordura como combustível em vez da glicose dos carboidratos.

Isso faz com que o fígado produza corpos cetônicos, uma fonte especial de combustível criada a partir de ácidos graxos.

*Informações Metrópoles


+ Nutrição