Formula Chopp

Mais looks ..spfw47

  • F. A. Barbosa
  • Publicado em 9 de maio de 2019 às 17:05
  • Modificado em 8 de abril de 2021 às 14:05
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

​Levantando a questão “Qual é a sua utopia?” e apostando em novos talentos, a semana de moda apresentou novidades . foi apresentado e os destaques de cada coleção, para este inverno, a cartela de cores está mais açucarada, leve, mas de maneira pontual. Nesta edição as cores dominaram as passarelas de João Pimenta – que surpreendeu, já que normalmente trabalha com tons mais sóbrios – e Modem, com a alfaiataria assimétrica em couro como contraponto. As peças sem gênero foram outro ponto alto do dia.

“Uma das minhas utopias era fazer com que a moda vestisse todo mundo e parece que isso está mais próximo de se concretizar do que eu imaginava”, . O genderless foi destaque nos desfiles de Beira e Another Place. A primeira apresentou peças pretas com cortes retos e minimalistas. Nos pés, o All Star de cano longo Chuck Taylor deu toque jovem às produções. A Another Place, por sua vez, tem a característica genderless em seu DNA, deixou de lado a logomania e apostou no mix de alfaiataria funcional e esportiva. Com inspiração na técnica Kintsugi – arte japonesa que conserta coisas com ouro para valorizá-las e mostrar a história da peça -, o desfile de João Pimenta foi um dos mais surpreendentes . As peças apresentaram trabalhos em bordado que remetiam a essa filosofia. A modelagem ampla, confortável e, acima de tudo, com tecidos encorpados.

Amir Slama apostou na diversidade: “A moda praia dele vai além da areia e da piscina. Ela passa por um lifestyle. O desfile mostrou que o beachwear pode vestir qualquer tipo de corpo e pessoa independente do gênero”, comenta o apresentador. Com bastante influência dos anos 1980, vimos muitos cortes cavados, asa delta, sobreposição de biquínis e os maiôs – fortes nessa década – com decotes mais comedidos, e ao mesmo tempo mais cavados na lateral.

Dica de diva!!!

O estilo inconfundível de Glória com cortes impecáveis e modelagem inovadora não poderia faltar na passarela, dessa vez o surf com uma pegada minimalista foi visto em maiôs e bodies com recortes geométricos, vestidos e coletes assimétricos também apareceram nada discretos. As mangas bufantes e volumosas, tendência certeira de inverno, estavam presentes em muitas das peças em Tule, o que imprimiu sofisticação e quebra ao dark alfaiataria da estilista. Os capuzes apareceram em muitas peças para reafirmam as inspirações da estilista que ousou e apaixonou todos ali presentes!

Estamos juntas Divas lá no meu instagram:

@claudiamadeira_oficial

Superbeijo de Diva!!!

*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.


+ zero