Formula Chopp

CIA diz que não pode descartar a teoria de que o coronavírus vazou de laboratório

  • Robson Leite
  • Publicado em 18 de abril de 2021 às 21:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Isso é algo que ainda está sendo analisado, com o benefício de todas as várias fontes que a comunidade de inteligência pode trazer para suportar.

Funcionários de alto escalão da inteligência dos EUA reiteraram na quinta-feira (15) que não podem descartar a possibilidade de que a Covid-19 vazou de um laboratório do governo chinês, ao invés de se originar da transmissão de animais para humanos.

Durante uma audiência do comitê da Câmara sobre ameaças globais, a Diretora de Inteligência Avril Haines e o Diretor da CIA William Burns afirmaram que a controversa teoria da origem do novo coronavírus ainda estava sendo investigada pelas agências de espionagem dos EUA.

Segundo o Gizmodo Brasil, autoridades fizeram comentários semelhantes durante uma audiência no Senado na quarta-feira (14).

Eles se recusaram a rejeitar a alegação cada vez mais discutida de que o vírus poderia realmente ter escapado de um laboratório.

Talvez o Instituto de Virologia de Wuhan, onde cientistas chineses são acusados ​​de ter conduzido experimentos militares envolvendo coronavírus e animais.

Diplomatas estrangeiros também haviam expressado anteriormente preocupações sobre a segurança desta instalação.

Embora um grande grupo de cientistas continue a criticar esta teoria, mais e mais especialistas em saúde e funcionários do governo começaram a questionar as alegações iniciais sobre as origens da Covid-19.

Essas alegações mudaram com o tempo — e há muita discordância na comunidade científica sobre este tema, em geral.

Agora, o que antes era considerado uma teoria da conspiração tornou-se cada vez mais uma linha de investigação legítima (ou pelo menos tolerável).


+ Ciência