Carteira digital do mesário é novidade nas Eleições 2020, diz TRE de SP

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 11 de novembro de 2020 às 08:05
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 08:05
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Colaboradores devem realizar desde já o download do aplicativo gratuito

Cada colaborador terá direito a receber R$ 40 por dia trabalhado - no primeiro e no segundo turnos

Nas Eleições 2020, São Paulo será um dos 23 Estados da Federação a utilizar a carteira digital bB para realizar o pagamento do auxílio-alimentação de mesários e colaboradores de apoio logístico. 

A novidade é fruto de parceria entre o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) e o Banco do Brasil.

Cada colaborador terá direito a receber R$ 40 por dia trabalhado – no primeiro e no segundo turnos. 

Para isso, deverá fazer o download da carteira bB, disponível de forma gratuita, na App Store e no Google Play. 

Após o download, o mesário deve fazer o cadastro, informando o número do CPF, nome completo, data de nascimento, número de telefone e e-mail para validação.

Os créditos disponíveis poderão ser utilizados de diversas maneiras, envolvendo operações sem custos.

É possível realizar, por exemplo: transferência a outros usuários do aplicativo ou a uma conta bancária convencional (TED/DOC), saques em terminais do Banco do Brasil, pagamentos por QRCode em estabelecimento bancários, pagamentos de boletos bancários, recarga de celulares e compras online com um número de cartão virtual (função débito).

Após o registro de convocação do colaborador em sistema próprio da Justiça Eleitoral, será gerado arquivo com nome, CPF e contrassenha individual para a utilização dos recursos.

Os vouchers serão disponibilizados aos beneficiários até os dias das eleições, referentes ao primeiro e segundo turnos. Nos dois casos, os vouchers permanecerão disponíveis para resgate até 8 de dezembro.