Formula Chopp

Bancos vão restringir entrada de clientes; veja o que pode abrir na fase vermelha

  • Salvador Netto
  • Publicado em 5 de março de 2021 às 18:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Por outro lado, igrejas e escolas poderão permanecer abertas, desde que sigam todos os protocolos estabelecidos

A partir da meia-noite desta sexta (5) para sábado (6) entra em vigor em todo o estado de São Paulo a fase vermelha do Plano São Paulo.

Com isso, várias atividades econômicas não poderão abrir as portas, tais como comércio e serviços em geral.

Por outro lado, igrejas e escolas poderão permanecer abertas, desde que sigam todos os protocolos estabelecidos. As informações são da Folhapress.

A medida anunciada pelo governador João Doria (PSDB) na última quarta-feira (3) valerá até o dia 19 de março.

Ela foi adotada como uma tentativa para frear a quantidade de casos e mortes, que vem crescendo de forma acelerada nos últimos dias.

As agências bancárias vão abrir, mas a Febraban (Federação Nacional dos Bancos) alerta: a entrada de clientes deverá ser restrita a “casos absolutamente prioritários”.

Durante o período de fase vermelha no estado, as agências bancárias vão abrir das 9h às 10h apenas para atendimento de idosos a partir de 60 anos e gestantes, além de pessoas de grupos de risco. Para os demais clientes, o horário de abertura é das 10h às 15h.

As agências do INSS também vão abrir, segundo nota do instituto. O protocolo inclui horário reduzido das 7h às 13h, com atendimento feito apenas para casos agendados. Quem chega no local sem ter o número do agendamento é obrigado a voltar para casa.

Na saúde, novos agendamentos para cirurgias eletivas serão suspensos nos hospitais municipais da capital paulista.

Os procedimentos que estavam marcados até esta sexta-feira (5) serão realizados, assim como os de emergência também serão realizadas normalmente.

Na quinta-feira (4) o estado estava com 77,4% de taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 59,6% de taxa de ocupação de enfermaria.

A situação na Grande São Paulo é pior: 79,1% e 66,9%, respectivamente.

O “toque de restrição” também foi ampliado. Adotado desde o dia 26 de fevereiro em todo o Estado das 22h às 5h, seu início foi ampliado para as 20h.

FASE VERMELHA NO ESTADO DE SÃO PAULO

O QUE PODE FUNCIONAR?

Todas as atividades classificadas como essenciais. Isso exclui a maior parte dos serviços e comércio:

– Saúde: hospitais, clínicas, farmácias, clínicas odontológicas e estabelecimentos de saúde animal

– Alimentação: supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres. Redes varejistas e lojas de conveniência podem abrir, desde que não vendam bebidas das 20h às 6h. É vedado o consumo no local

– Segurança: serviços de segurança pública e privada

– Comunicação social: meios de comunicação social executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagem

– Construção civil e indústria: sem restrições

– Serviços gerais: hotéis, lavanderias, serviços de limpeza, manutenção e zeladoria, serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais, atividades religiosas

– Bancos: as agências bancárias abrem das 9h às 10h para idosos e das 10h às 15h para o público em geral. As lotéricas também vão abrir

– Postos do INSS: das 7h às 13h, apenas para quem tem horário agendado

Restaurantes (delivery, retirada e drivethru) e similares: permitido serviços de retirada, entrega (delivery) e que permitem a compra sem sair do carro (drive thru). É vedado o consumo no local

– Logística: estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos automotores, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos

– Abastecimento: cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, feiras livres, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção

– Igrejas: podem funcionar desde que recebam, no máximo, 30% de sua capacidade e seguir todos os protocolos sanitários, tais como: aferição de temperatura; fornecimento de álcool em gel; distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os fiéis; as pessoas devem estar sentadas e todos devem usar máscaras, inclusive os celebrantes da reunião e assistentes

Escolas

– Rede estadual: todas as escolas podem abrir para receber até 35% de sua capacidade dando preferência para vulneráveis: os que têm necessidade de se alimentar na escola; os que possuem dificuldades de acesso à tecnologia ou não têm os equipamentos necessários para estudar remotamente; e ainda aqueles cujos pais trabalhem em atividades consideradas essenciais, tais como médicos, enfermeiros, e funcionários de supermercados, farmácias, postos de combustíveis e pet-shops, por exemplo

– Rede privada: sindicato das mantenedoras pede para que escolas priorizem atendimento a crianças até 8 anos, ou aquelas que têm dificuldades para acompanhar online. As demais, devem dar preferência pelo ensino a distância

– Escolas municipais: irão funcionar, mas também seguindo as recomendações para a rede estadual

– Ensino técnico e de idiomas: só atividades online

– Faculdades: atividade presencial de até 100% para cursos de medicina, farmácia, enfermagem, fisioterapia, odontologia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, nutrição, psicologia, obstetrícia, gerontologia e biomedicina. Nos demais cursos, atividades devem permanecer online

– Etecs e Fatecs: Terão apenas aulas remotas. As unidades, porém, seguirão abertas para serviços administrativos essenciais. Espaços pedagógicos, como laboratório de informática também serão disponibilizados, a alunos e professores que precisam dos equipamentos para atividades online

O QUE NÃO PODE ABRIR

– Shoppings, galerias e congêneres

– Comércio

– Serviços

– Salões de beleza e barbearias

– Academias, clubes, centros de ginástica

– Eventos e atividades culturais (teatro, cinemas, shows)

– Escritórios

– Parques

– Clubes, centros esportivos e CDCs (Centros Esportivos e os Clubes da Comunidade

– Poupatempo – a recomendação é usar os serviços disponibilizados pela internet ou aplicativo de celular


+ Cotidiano