Vigilância Ambiental de Franca alerta para perigo de ataques de escorpiões

O período de muito calor e início das chuvas é propício ao surgimento de focos de escorpiões na malha urbana

Postado em: em Saúde

O período de muito calor e início das chuvas é propício ao surgimento de focos de escorpiões na malha urbana, o que tem levado ao registro de frequentes ocorrências com pessoas sendo picadas ou encontrando esse animal no interior das residências.  

Essas informações constam num balanço com informações do Sistema Escorpião (onde são registrados todos os atendimentos relacionados ao escorpião, seja, acidente ou encontro dele), da Vigilância Ambiental do município.

Para se ter uma ideia, nesses 10 meses do ano o Sistema contabilizou 287 notificações de encontro e acidentes com escorpião que ocorreram na cidade. 

Toda ocorrência dessa natureza deve ser informada pelas pessoas a Vigilância Ambiental, seja por telefone ou pessoalmente, para que feito o registro de notificação, uma equipe habilitada possa comparecer, adotar as medidas cabíveis e orientar as pessoas adequadamente.

Os contatos para essas ocorrências devem ser feitos nos tels. 3711-9415 ou 9408 ou então na Av. Dr. Flávio Rocha, 4780, Vila Imperador. 

Orientações e prevenção​ 

Em caso de acidente, com picada do escorpião, uma das primeiras providências deve ser:

- Limpar o local com água e sabão

- Procurar orientação médica imediata, sendo que em Franca esse atendimento é nos Prontos Socorros (adulto e infantil) para usuários do SUS ou no Hospital particular para usuários do plano de saúde.

Os escorpiões são animais venenosos que existem há milhões de anos, sua capacidade de adaptação permite que sejam encontrados nas áreas urbanas, podendo ocasionar acidentes. 

Existem cerca de 160 espécies, mas as mais encontradas em nossa região são: 

ESCORPIÃO AMARELO​ (Tityus serrulatus), espécie que causa acidentes graves, com registro de óbitos, principalmente em crianças. 

Possui pernas e cauda amarelo-claro, e o tronco escuro. A denominação da espécie é devida à presença de uma serrilha nos 3º e 4º anéis da cauda. 

Mede até 7cm de comprimento. Tem também o escorpião marrom, cuja característica é o tronco escuro e palpos com manchas escuras e cauda marrom-avermelhada, sem serrilha na causa. Em fase adulta chega a medir 7 cm.

Locais preferidos e como prevenir?​

Os escorpiões são animais de hábitos noturnos, ocultam-se durante o dia em locais sombreados e úmidos. 

No meio urbano são encontrados principalmente em frestas de muros e paredes, lajes de túmulos, tijolos, entulho e outros. 

Cemitérios, madeireiras e locais com acúmulo de lixo são alguns dos ambientes preferidos dos escorpiões. 

A espécie Tityus serrulatus, em especial, conhecida como escorpião-amarelo, é responsável por acidentes com humanos em diferentes regiões do país. 

Isso acontece porque a fêmea do aracnídeo consegue se reproduzir por partenogênese, ou seja, sem a necessidade do macho para dar continuidade à prole.

Dentre as precauções as pessoas devem manter limpos quintais, jardins, sótãos, garagens e depósitos, evitando acúmulo de folhas secas, lixo e demais materiais como entulho, telhas, tijolos, madeiras e lenha; manter a limpeza de terrenos baldios e usar luvas de raspa de couro ou similar e calçados fechados durante o manuseio de materiais de construção, transporte de lenha, madeira e pedras em geral.


Artigos Relacionados