Teatro Municipal ‘José Cyrino Goulart’ completa 42 anos no próximo domingo (7)

  • Salvador Netto
  • Publicado em 4 de fevereiro de 2021 às 18:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Seu palco já recebeu artistas do renome de Tarcísio Meira, Dalton Vigh, Fernanda Montenegro, Oswaldo Montenegro e até o famoso Ballet Stagium

Teatro Municipal ‘José Cyrino Goulart’: 42 anos marcando a vida cultural de FrancaFoto: Divulgação

No próximo domingo (7) o Teatro Municip0al “José Cyrino Goulart” completa 42 anos de existência. Por seu palco passaram grandes nomes da cultura brasileira, destacando-se os atores Tarcísio Meira, Glória Menezes e Fernando Montenegro.

O teatro, cuja construção se iniciou em 1975, na administração do prefeito Hélio Palermo, foi concluído e inaugurado quatro anos depois, já na administração de Maurício Sandoval Ribeiro.

Na época, a imprensa francana chamou a inauguração de “Teatro Sem Teatro”, por não ser aberto ao público sem qualquer espetáculo.

Projeto do engenheiro Weber Dráuzio David, a construção foi baseada nos teatros de Campinas, São Carlos e Araraquara. O prédio passou por várias reformas, sendo a última em 2011.

O espaço tem capacidade atualmente para 389 expectadores, Quatro poltronas são destinadas a obesos e 6 para cadeirantes.

Além disso, conta ainda com 7 camarins adaptados para cadeirantes, saguão externo para 100 pessoas e sala de espera para o público.

Deve-se ressaltar que à época da construção Franca só dispunha do Teatro “Judas Iscariotes”, que pertence até hoje à Fundação Espírita.

A verba para construção do Teatro Municipal, veio do Serviço Nacional de Teatro e foi conseguida pelo então vereador: Sidnei Franco da Rocha, batalhador do Movimento de Teatro Amador, tendo sido Presidente da Federação de Teatro Amador do Nordeste Paulista (Fetanp) durante 11 anos.

O teatro leva o nome de José Cyrino Goulart, em homenagem ao jornalista nascido em Franca e que foi um dos pioneiros do teatro amador na cidade, sendo o fundador da Fetanp, e colaborador de vários jornais da cidade.

Cyrino Goulart foi responsável também pela fundação do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Calçado de Franca. Ele faleceu no dia 15 de outubro de 1986, aos 86 anos.

Pelo teatro, que nos últimos anos é utilizado prioritariamente para apresentações de teatro amador e companhias culturais locais, já passaram atores do renome de Tarcísio Meira, Glória Menezes, Paulo Autran, Nathalia Timberg, Osmar Prado, Elizabeth Savalla, Drica Moraes e tantos outros, alguns ainda fazendo sucesso no teatro, na TV e no cinema brasileiros.

Mas o Teatro Municipal recebeu ainda humoristas como Costinha, Geraldo Magela e Gorete Milagres, além de cantores como Oswaldo Montenegro, Renato Teixeira e Belchior, entre dezenas de outros.

Destaca-se ainda os espetáculos das companhias de dança do Ballet Stagium e Cia. Cisne Negro de Dança, reconhecidas mundialmente pela sua qualidade.

Infelizmente, também em razão da pandemia, o Teatro Municipal “José Cyrino Goulart” completa seus 42 anos sem grande festa ou pompa, mas merece ser reconhecido pela sua importância na área cultural da cidade.


+ Cultura