Formula Chopp

Prefeito de São Sebastião do Paraíso diz que Covid-19 circula no período noturno

  • Cláudia Canelli
  • Publicado em 4 de junho de 2021 às 12:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Novo decreto passa a valer nesta sexta-feira (4) e obriga maioria dos estabelecimentos comerciais a fechar às 18h.

Hospitais de São Sebastião do Paraíso não têm mais vagas em UTI para pacientes com coronavírus

Após atingir 110% de ocupação em leitos de UTI para Covid-19, São Sebastião do Paraíso decidiu restringir ainda mais o funcionamento do comércio.

A prefeitura publicou novo decreto em que obriga a maioria dos estabelecimentos a fecharem as portas às 18h.

O documento passa a valer nesta sexta-feira (4) e fica em vigor até o dia 11 de junho.

O decreto aponta que estabelecimentos com consumo de alimentos ou bebidas, prestação de serviço em geral, clínicas de estética, barbearias, salões de beleza, academias e igrejas, por exemplo, funcionem com atendimento ao público até as 18h.

Depois deste horário, apenas o sistema delivery fica liberado.

“É importante que as pessoas tenham a certeza de que a prefeitura não quer prejudicar ninguém”, disse o prefeito Marcelo Morais.

O chefe do Executivo foi além e fez uma afirmação polêmica: “A gente percebeu, com os números, que o vírus está circulando sim a noite, o modelo dessa questão é restringir um pouco mais”.

Marcelo diz que não quer prejudicar ninguém, mas sim fazer com que as pessoas entendam esse momento da saúde do município.

Segundo ele, o objetivo é que ninguém, nem seus familiares e muito menos as pessoas que estão envolvidas nesse sistema, precisem de atendimento e não tenha uma vaga.

O prefeito finaliza dizendo que “é triste que qualquer pessoa tenha que recorrer para mandar o parente para fora de São Sebastião do Paraíso”.

Números

Conforme o boletim epidemiológico da prefeitura, São Sebastião do Paraíso contabiliza 4.596 contaminações pela Covid-19, sendo 195 mortes em decorrência da doença.


+ Cidades