Formula Chopp

Meio político começa a reagir aos trustes tecnológicos como Facebook e WhatsApp

  • Cláudia Canelli
  • Publicado em 15 de junho de 2021 às 21:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Congresso dos Estados Unidos vai apreciar projetos de lei que evitam a existência de trustes tecnológicos; reação pode se espalhar por outros países

Membros da Câmara do Deputados dos Estados Unidos apresentaram cinco projetos de lei na sexta-feira, 11, quatro deles com objetivo de conter o poder da gigantes da tecnologia, o que um assessor do Congresso descreveu como revolução antitruste.

Entre os cinco projetos de lei, dois tratam da questão de empresas como Amazon e Google.

Uma medida as proíbe de possuir subsidiárias que operam em sua plataforma de competirem com outras empresas, potencialmente forçando as grandes empresas de tecnologia a vender ativos.

Seria o caso, por exemplo, de Facebook e WhatsApp: a rede social não poderia ter o app de mensagens operando como subsidiária.

“De Amazon e Facebook a Google e Apple, está claro que esses gigantes da tecnologia não regulamentados se tornaram grandes demais e poderosos demais”, disse a deputada Pramila Jayapal, democrata do Estado de Washington, que apoiou a medida com o deputado Lance Gooden, um republicano.

Uma segunda medida tornaria ilegal, na maioria dos casos, uma empresa dar preferência a seus próprios produtos em sua plataforma, com uma multa de 30% da receita no país da empresa afetada se eles violarem a medida.

Essa é uma medida que poderia afetar Amazon e Google.


+ Cotidiano