Furtos de cabos impedem primeiro dia de aulas pela TV Câmara em Franca

  • Rosana Ribeiro
  • Publicado em 10 de novembro de 2020 às 11:01
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 07:57
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Em virtude disso a previsão é que as aulas nesse sistema sejam iniciadas a partir dessa quarta-feira, dia 11

A ocorrência de um furto de cabos da TV Câmara instalados no complexo de antenas de retransmissão do Jardim Redentor no final de semana, motivou a suspensão do primeiro dia em que as vídeo aulas seriam exibidas para alunos da rede municipal de Franca.

Os vídeos poderão ser acompanhados pelo canal aberto 6.3. 

Todo o material produzido e fornecido pela Fundação Lemann e previamente selecionado pela equipes de educadores do município, está disponível, apenas em razão dessa questão técnica não houve condições de realizar a retransmissão.

Em virtude disso a previsão é que as aulas nesse sistema sejam iniciadas a partir dessa quarta-feira, dia 11. 

Inclusive havia riscos da transmissão da sessão ordinária dessa terça-feira também ficar prejudicada na TV. 

As equipes seguem trabalhando na manutenção para deixar os equipamentos em condições de garantir a transmissão o mais breve possível.

Grade de horários​ 

De acordo com o material disponibilizado pela Secretaria da Educação, as vídeo aulas focadas para os respectivos públicos começarão a ser mostradas às 9h, na seguinte ordem:

9 h –  para alunos do 5º ano

10 h – alunos do 4º ano

11 h – alunos do 3º ano

12 h – alunos do 2º ano

13 h – alunos do 1º ano 

14 h – alunos da Educação Infantil (Pré-Escola).

Foco no aprendizado​

Enquanto seguem suspensas as atividades presenciais em salas de aula, por conta da pandemia, esse formato de utilizar a TV foi uma maneira encontrada pela Secretaria da Educação para disponibilizar esse material aos alunos. 

Junto com a Fundação Lemann nessa proposta de trabalho  também se juntou o Instituto Avisa Lá, que da mesma maneira não tem fins lucrativos e voltado a qualificar com a prática educativa nos Centros de Educação, Creches e Pré-Escolas Públicas).

Foi o  Instituto Avisa Lá que disponibilizou todo o material, composto pelas vídeo-aulas produzidas no formato solicitado, cabendo a equipe da Secretaria Municipal da Educação, organizar  aquilo que achava mais interessante de acordo com cada tipo de público.