Claudinei da Rocha quer Câmara de Franca mais próxima da população

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 15 de janeiro de 2021 às 15:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Além de apoio aos parlamentares, Presidente do Legislativo revela reforma do prédio, montagem de vídeo institucionais e melhoria do sistema de som

Reforma do prédio da Câmara Municipal é uma das necessidades de Claudinei da Rocha para 2021

O presidente da Câmara Municipal, eleito em primeiro de janeiro, Claudinei da Rocha, que está em seu terceiro mandato, anunciou uma série de ações que pretende tomar em 2021 no Legislativo francano.

Segundo ele, as mudanças são necessárias para promover uma oxigenação nas atividades parlamentares de Franca.

Desde a montagem de vídeos institucionais, manutenção no prédio da Câmara, apoio aos vereadores para que possam desenvolver seus trabalho até uma ação nas redes sociais para que as “atividades parlamentares sejam acompanhadas pela população por meio das redes sociais”.

JORNAL DA FRANCA: Que tipo de planejamento você definiu em sua administração?

Claudinei da Rocha: Está em discussão ainda, mas queremos fazer seis vídeos institucionais, contando a História da Câmara, mostrando a nossa estrutura interna, explicando as diferenças entre o Legislativo e o Executivo e informando como funciona uma Sessão Ordinária e a Tribuna Livre, para que os francanos possam se expressar sobre os problemas da cidade. Então, esses seis vídeos institucionais estarão mostrando toda a estrutura e História da Câmara Municipal de Franca. Depois, criaremos uma equipe e uma estrutura interna para dar um respaldo nas redes sociais. Nós temos a TV Câmara, que transmite as sessões ao vivo, e isso vai continuar. Só que nós precisamos ir além. Temos que ter profissionais dentro da Câmara criando material sobre os trabalhos desenvolvidos pelos vereadores que possa ser divulgado através das mídias sociais. Porque muitos criticam que os vereadores não fazem [nada]. Agora chegou a hora de mostrar o trabalho das comissões e das discussões dos parlamentares eleitos pelo nosso povo.
Também vamos mudar a questão a manutenção da Câmara. Quando o banheiro estraga ou um cano estoura, por exemplo, o Presidente tem que ficar esperando um funcionário da Prefeitura vir até a Câmara e fazer o conserto. Estou conversando para que possamos contratar uma empresa terceirizada e não precisarmos da Prefeitura. Já que a Câmara é um órgão independente, temos que ser independentes também com relação à manutenção. Tem muita coisa pra ser feita na Câmara atualmente. Claro que vamos ter uma reforma, mas e até essa reforma começar? Algo precisa ser feito e já estou discutindo a contratação de uma empresa por um valor pequeno mas que venha resolver essas questões do dia a dia.

JORNAL DA FRANCA: A reforma da Câmara é uma necessidade?
Claudinei: A questão da reforma do prédio é de extrema urgência. Quando chove, alaga-se toda a Câmara. Tem várias trincas na nossa estrutura. O projeto será apresentado até o dia 30 deste mês e, em seguida, eu me reunirei com todos os vereadores para discuti-lo. Se precisar fazer alguma alteração, que seja feita no projeto, para que, assim, possamos abrir a licitação. A nossa vontade é que essa reforma venha a começar ainda neste ano.

JORNAL DA FRANCA: Existe um TAC para melhoria do serviço de som da Câmara?
Claudinei da Rocha: Já conversei com os responsáveis pelas licitações da Câmara. Assinamos um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o Ministério Público a esse respeito. Realmente, essa melhoria tem que ser feita para que possamos dar mais transparência às questões legislativas. A previsão é que daqui a dois, no máximo três meses, estaremos com essa situação resolvida. É uma luta nossa, foi uma luta dos presidentes anteriores, e nós daremos sequência para que esse problema seja sanado de uma vez por todas.

 

 


+ Política