Pesquisa americana indica qual é a “idade humana” de cachorros. Veja mais

Até 7 anos o relógio biológico dos cachorros corre feito um Fórmula 1. Com 1 ano, eles têm 30 anos humanos

Postado em: em Ciência

A teoria de que a idade dos cachorros é sempre 7 vezes maior que a dos humanos pode ter sido refutada. 

Segundo pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade da Califórnia em San Diego, nos Estados Unidos, eles podem ser ainda mais velhos do que o previamente imaginado.

Para descobrir isso, os cientistas estudaram os genomas de 104 labradores e identificaram os padrões de metilação, tipo de modificação química, tanto nos cachorros quanto nos humanos, o que mostrou algumas coisas na idade dos genomas — uma delas é que os cachorros envelhecem em diferentes velocidades em pontos diferentes de sua vida.

Os cientistas apontam que até os 7 anos de idade o relógio biológico dos cachorros corre feito um carro de Fórmula 1.

Sendo assim, um cachorro de 1 ano de idade em anos humanos já teria 30. É por isso que, segundo eles, um animal de 9 meses já é capaz de ter filhotes.

Envelhecimento desacelera

Depois dos 7 anos, o envelhecimento começa a ficar mais devagar, o que faria um cachorro de 9 anos ter 65 caso fosse um ser humano. E eles não querem parar por aí.

O estudo pode trazer uma nova fórmula para descobrir a idade de uma célula, tecido ou organismo, o que pode ajudar a “identificar a idade de animais adotados ou até medir a eficácia de intervenções antienvelhecimento”, segundo o documento.

Confira o gráfico, na imagem abaixo, para entender melhor como funciona:


Artigos Relacionados