Rodovias apresentam queda de tráfego de 11% em relação a 7 de Setembro

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 3 de novembro de 2020 às 21:47
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 07:21
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Em Franca a Polícia Rodoviária reforçou a fiscalização e muitos motoristas tiveram cautela ao pegar a estrada

O tempo chuvoso e a orientação do Governo do Estado para evitar viagens desnecessárias ajudaram a evitar que muitos paulistanos pegassem a estrada neste feriado prolongado de Finados.

Na região de Franca a Polícia Rodoviária reforçou a fiscalização e muitos motoristas tiveram cautela ao pegar a estrada.

O maior movimento foi registrado na rodovia Cândido Portinari, seguido da Ronan Rocha e Fábio Talarico.

Entre os dias 29 de outubro e 02 de novembro, o volume de tráfego registrado nos 22 mil quilômetros de rodovias paulistas foi de 3.851.793 veículos, 11% menor em relação aos 4.325.475 veículos que trafegaram pela mesma malha no período do feriado da Independência, de 3 a 7 de setembro, de acordo com os dados da Secretaria Estadual de Logística e Transportes (SLT), por meio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), e da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), por meio das concessionárias.

O maior volume foi registrado nas rodovias concedidas, administradas pela ARTESP, especialmente nos principais corredores de acesso ao litoral paulista e ao interior, que contemplam o Sistema Anchieta-Imigrantes, Rodovia dos Tamoios, Sistema Anhanguera-Bandeirantes, Rodovia Presidente Castello Branco, Ayrton Senna/Carvalho Pinto. Essas rodovias contabilizaram a movimentação de cerca de 2,8 milhões de veículos, 10,23% menor em comparação ao volume do feriado da Independência.

Pelas rodovias administradas pelo DER trafegaram 996 mil veículos, queda de 13% no total de veículos em comparação ao feriado de 7 de setembro.