Projeto Família de Origem é aprovado pela Câmara Municipal de Franca

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 19 de março de 2019 às 21:27
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 19:27
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Objetivo é fazer com que crianças e adolescentes mantenham vínculo com pessoas da família

O projeto Família de Origem foi
aprovado pela Câmara Municipal de Franca na sessão da última terça-feira, 19 de
março.

O projeto tem como objetivo atender
crianças e adolescentes que foram retiradas do convívio familiar, que não têm
condições de retornar ao lar, mas que poderão ser acolhidos por algum membro
com o qual tenham vínculo familiar para que possam assumir a guarda integral
das crianças nessa situação.

O projeto prevê uma
ajuda financeira com repasse mensal por parte da Prefeitura para as famílias
que não têm condições de arcar com todos os gastos
para manter a criança/adolescente. “Muitas vezes a avó assume a guarda,
mas vive apenas com a aposentadoria. Neste caso, ela terá uma ajuda financeira
para cuidar do neto. Mas terá todo um acompanhamento”, disse a assistente social,
Eliete Neves.

Para estipular o valor
e quem poderá receber o recurso, será feita uma análise
criteriosa da família pela equipe técnica da Ação Social.

Ainda segundo a assistente social,
atualmente 50 jovens estão na lista e aptos a serem inseridos no programa. “Será
feito todo um acompanhamento juntamente com o Ministério Público para avaliar
se essa criança ou adolescente tem condições de voltar ao convívio dos pais futuramente”, disse Eliete. Esse trabalho poderá
durar meses. 

Quem
quiser obter mais informações sobre como funcionará o projeto poderá entrar em
contato pelo telefone: 3701-1058.