Piloto aplaudido por voltar e embarcar senhora que perdeu voo: mãe na UTI

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 27 de novembro de 2020 às 13:15
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 09:43
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Caso aconteceu no aeroporto de Governador Valadares, em Minas Gerais e foi divulgado pelo site Aeroin

Um piloto da companhia aérea Azul foi aplaudido pelos passageiros e pela tripulação depois de uma atitude nobre de empatia e solidariedade.

Ele já tinha taxiado a aeronave e estava posicionado na pista para a decolagem, quando decidiu voltar para embarcar uma senhora que perdeu o voo e chorava muito no saguão do aeroporto. A mãe dela estava na UTI.

O caso aconteceu no último dia 23 no aeroporto de Governador Valadares, em Minas Gerais e foi divulgado agora pelo site AEROIN.

Depois de fazer o embarque antecipado dos passageiros para partir no horário, o avião fez o taxiamento e estava na pista de decolagem aguardando o sinal para decolar. 

De repente, a estação de rádio do aeroporto chamou os pilotos e disse que a equipe da base da Azul precisa falar com eles.

O agente perguntou se a tripulação poderia retornar com a aeronave para buscar uma passageira que chorava muito por ter perdido o voo. Ele explicou que a mãe dela estava na UTI e a senhora precisava chegar em Confins para poder cuidar da idosa.

A reação

Mesmo sabendo dos possíveis impactos que isso poderia gerar para os demais clientes da Azul, o comandante Julio Grizze decidiu ajudar a mulher e voltar com o avião.

Ele anunciou a decisão pelo sistema de áudio da aeronave e disse que estava voltando para ajudar uma pessoa com um caso grave de doença na família. A reação dos passageiros foi de arrepiar.

Eles simplesmente começaram a aplaudir a decisão do piloto e as palmas tomaram conta da aeronave turboélice ATR.

A recepção

Quando chegou no embarque, a senhora foi recebida pelas comissárias, que tentavam acalmá-la.

Ela embarcou o voo de Governador Valadares até Confins e tudo terminou bem. A aeronave, inclusive pousou com tempo suficiente para que todas as conexões fossem atendidas.

O piloto agradeceu aos passageiros pela compreensão e generosidade e mais uma vez foi aplaudido pelos passageiros.

Reconhecimento

A história foi contada em e-mail enviado pelo presidente da Azul, John Rodgerson. Ele parabenizou nominalmente o comandante Julio Grizze, o copiloto André Christofoli, as comissárias Olivia e Carla, além do time de solo da companhia aérea.

“Comandante Julio e toda a tripulação do voo, e também time de solo de Governador, que linda atitude e demonstração de consideração com a nossa cliente! Vocês souberam muito bem trabalhar em equipe para mostrar que, o que realmente importa para nós da Azul, é cuidar das pessoas, sejam elas tripulantes ou nossos clientes”, cumprimentou.

Com informações da Aeroin, via Só Notícias Boas