Ônibus: notícia de prisão de empresários é antiga e eles já foram absolvidos

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 2 de novembro de 2020 às 15:48
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 07:11
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Jornal da Franca voltou a checar notícia com o Ministério Público que confirmou que a informação é antiga.

Nesta segunda-feira, dia 2de novembro de 2020, circulou a notícia de que empresários de ônibus da região de Campinas, no interior paulista, foram presos em uma operação do GAECO, grupo do Ministério Público do Estado de São Paulo, que investiga o crime organizado.

No caso, citou a prisão do diretor proprietário da Empresa São José (concessionária do transporte coletivo de Franca), Belarmino da Marta Júnior.

Entretanto, apesar da divulgação ter ocorrido em 02.11.20, a operação aconteceu na verdade em 30 de setembro de 2011.

A reportagem do Jornal da Franca voltou a checar com o Ministério Público que confirmou que a informação é antiga. 

O processo sobre supostas fraudes em concorrências de contratos de fretamento foi encerrado com a absolvição dos empresários investigados como Belarmino Marta Júnior,  Ariovaldo Marta, Marcelo Pereira, Miguel Moreira Júnior e José Brijeito Júnior.

De acordo com o que disse a agência Estado aos assessores de imprensa dos empresários, houve um erro técnico de edição com o titulo ‘Promotoria pega RS 386 mil com empresários de ônibus de Campinas por cartel no transporte’

Os veículos de comunicação que assinam o serviço e reproduziram a nota foram comunicados.

Blogs e perfis que apenas replicaram a notícia sem a devida checagem e que não assinam o serviço não devem receber a notificação.