MAIS SOBRE A MÚSICA

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 10 de abril de 2017 às 23:51
  • Modificado em 29 de outubro de 2020 às 23:57
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

UM DOS MAIS GRAVADOS

Marino Pinto

“Aos pés da Santa Cruz/ você se ajoelhou/ e em nome de Jesus/ um grande amor você jurou…”

Conta nos dedos aí quem tem mais de 16 anos e meio e gosta de samba, que não conhece estes versos e não cantarolou esta melodia.

“Aos Pés da Cruz”, também conhecido como “Aos Pés da Santa Cruz”, foi inicialmente um grande sucesso de Orlando Silva, que o lançou primeiro em programas radiofônicos em suas excursões pelo Norte e Nordeste e posteriormente em gravação pelo selo Victor. A música leva a assinatura de Zé da Zilda (José Gonçalves) e Marino Pinto.

Abordando o tema de jura descomplicada, muito explorada na época (falamos dos anos 40),o samba agradou tanto que recebeu imediata continuação : “Quem Mente Perde a Razão”, de autoria também de Zé da Zilda e lançado por Nelson Gonçalves, contratado para o lugar de Orlando Silva , que então estava deixando a mencionada gravadora.

Zé Zilda

Marino Pinto, co-autor de “Aos Pés da Cruz”, cita, na segunda parte da obra, o célebre aforismo “O coração tem razões que a própria razão desconhece”, do filósofo francês Blaise Pascal.

Numa demonstração de sua admiração por Orlando, João Gilberto regravaria este samba em seu primeiro elepê, em 1959, em sua clássica versão com harmonias sofisticadas e interpretação “lisa”, suas marcas registradas, mostrando como composições antigas poderiam ser perfeitamente amoldadas à bossa nova.

E, depois de João, um sem número de astros nacionais e internacionais, tornaram esta obra, um dos sambas mais gravados de todos os tempos.

Elencamos alguns dos grandes nomes que regravaram esta música. Disposto a ler ?

Então, vamos lá : Ângela Maria e Pery Ribeiro, Tom Jobim, Baden Powell, Nelson Gonçalves, Léo Gandelman, Moraes Moreira, Joyce, Astrud Gilberto, Wilson Simonal, Francisco Petrônio, Miles Davis, Paulo Moura, Gilberto Gil, Rosa Passos…e muitos outros.

Por isso, a afirmação : é um dos sambas mais gravados !

E para os amantes de grandes performances instrumentais, no youtube, “Aos Pés da Cruz” numa versão “gafieira” de fazer inveja ! É só acessar o link:

No nosso “BENY CHAGAS MUSIC SHOW” deste domingo, 23, destacamos a uma ótima gravação da música feita por Moraes Moreira. Confira.

Fontes :   Informações da Internet

                “A Canção No Tempo – 85 Anos de Músicas Brasileiras” -Jairo Severiano e Zuza

                  Homem de Mello    

                  Arquivo pessoal

                            Fotos (Zé da Zilda e Marino Pinto) : Liga Entretenimento/Divulgação

CONTROL C- CONTROL V : MAIS 3 SOBRE O SAMBA

1. Foi somente na década de 30 que a percussão viria a ser aceita nos estúdios de gravação. Graças aos maestros Radamés Gnatalli e Pixinguinha, o samba ganhou jeito de samba, com a acentuação da marcação do surdo e companhia.

2. Graças a uma rapaziada que se reunia numa quadra do bloco Cacique de Ramos, Zona Norte do Rio, pra jogar pelada, beber cerveja e tocar, nasceu a sonoridade do pagode, incentivada por Beth Carvalho. Isso aconteceu em 1977 e 1978.

3. Com acordes dissonantes e originais, o baiano João Gilberto causou enorme impacto no mundo da música no final da década de 50 e começo da de 60. Os caminhos harmônicos por ele apresentados mudaram a maneira de se tocar e ouvir música. A coesa célula voz e violão que criou , fez nascer a bossa nova..

Fontes : Internet e caderno de notas

BENY CHAGAS MUSIC SHOW

Mais Brasil FM – 101,3 Mhz – Franca, SP : sábado e domingo às 10h.

radionovaip.com.br – Ribeirão Preto – SP : Sábado às 11h e  domingo às 12h.

ponto1000.com – Ribeirão Preto – SP : segunda a sexta  07 e 22h.

                                                                  sábado  07, 10 e 22h.

                                                                  domingo  07, 12 e 22h.

portalmusicalfranca.com.br – Franca – SP : quinta, sexta e sábado 18 h.      

Envie suas sugestões para inclusão nos roteiros de programação: (16) 3017-2030, whats app (16) 9 8192-6052 e e-mail [email protected]

*Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.