Formula Chopp

Equipe de Alexandre descarta Hospital da Caridade. Fundador pede ajuda de vereadores

  • Bernardo Teixeira
  • Publicado em 10 de fevereiro de 2021 às 12:00
  • Modificado em 10 de fevereiro de 2021 às 17:32
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Enquanto Franca padece de leitos hospital que foi utilizado por Gilson de Souza na pandemia luta pelo credenciamento municipal

João Berbel pede ajuda aos vereadores para o credenciamento do Hospital para salvar vidas de CovidMesmo sendo criticado por determinados segmentos políticos e até mesmo alvo de investigação do Ministério Público, o Hospital da Caridade, um braço de assistência do Instituto Medicina do Além (IMA), se oferece para ajudar a Administração Municipal no atendimento aos pacientes vítima de Covid 19.

O seu presidente, João Berbel, esteve ontem na Câmara Municipal, e pediu atenção dos parlamentares para que possam auxiliá-lo no credenciamento junto à Administração Municipal no apoio aos pacientes que são diagnosticados com Covid 19.

O médium utilizou a Tribuna após convite de um grupo de vereadores que esteve em visita ao Hospital.

Durante pronunciamento, Berbel apresentou uma retrospectiva do Hospital da Caridade, que foi criado inicialmente como um centro de cuidados paliativos.

Em seguida, ele colocou os leitos do Hospital à disposição dos governos estadual e municipal para um melhor atendimento da população.

ESTRUTURA

Ao todo, são 50 leitos no centro, sendo que inicialmente 22 leitos estão disponíveis para o tratamento do covid-19.

Dezenove dessas vagas são de enfermaria e três, de semi-UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Quando o instituto funcionou como hospital de campanha em combate à covid-19 no ano passado, 207 pacientes foram atendidos e apenas dois faleceram.

“O Hospital foi criado pra dar um atendimento de qualidade. Nossa obrigação é tratar o paciente com dignidade e enfrentar a doença com amor e carinho. Tive satisfação em prestar esse atendimento em 2020. Infelizmente, hoje as pessoas são transferidas para fora de Franca e não recebem um atendimento de primeira”, lamentou João, acrescentando que o local possui espaço para montar leitos plenos de UTI.

A utilização dos leitos do Hospital da Caridade foi endossada pelos parlamentares Della Motta (Podemos), Gilson Pelizaro (PT), Carlinho Petrópolis Farmácia (PL), Lurdinha Granzotte (PSL), Marcelo Tidy (DEM) e Donizete da Farmácia (MDB).


+ Saúde