Formula Chopp

Paróquia de Santo Antônio terá 3 missas na abertura da quaresma: veja os horários

  • Cláudia Canelli
  • Publicado em 16 de fevereiro de 2021 às 15:00
  • Modificado em 16 de fevereiro de 2021 às 16:02
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

A Igreja Católica Apostólica Romana trata a quarta-feira de cinzas como um dia para se lembrar a mortalidade.

Monsenhor José Geraldo Segantin é pároco da Santo Antônio

 

O tempo de pandemia mudou a percepção do calendário para muita gente que se propôs ao isolamento social.

Todavia, o sempre comemorado Carnaval termina nesta terça-feira, embora muitos nem perceberam passagem da data.

Nesta quarta-feira começa na Igreja Católica o período da quaresma, com celebração da quarta-feira de Cinzas.

A paróquia de Santo Antônio, na Cidade Nova, programou três missas para marcar a data, todas elas com imposição das cinzas.

A primeira será às 7h, a segunda às 15h e a terceira às 19h30.

Como o decreto municipal estabelece restrição à presença de fieis, o monsenhor José Geraldo Segantin, pároco da Santo Antônio, informou que a celebração das 19h30 terá transmissão ao vivo pelos canais oficiais da paróquia, tanto no Youtube como no Facebook.

O QUE É

A quarta-feira de cinzas é o primeiro dia da Quaresma no calendário católico.

As cinzas que os Cristãos Católicos recebem neste dia são um símbolo para a reflexão sobre o dever da conversão, da mudança de vida, recordando a passageira, transitória, efêmera fragilidade da vida humana, sujeita à morte.

Ela ocorre quarenta dias antes da Páscoa (sem contar os domingos) ou quarenta e seis dias (contando os domingos).

Seu posicionamento no calendário varia a cada ano, dependendo da data da Páscoa.

A data pode variar do começo de fevereiro até a segunda semana de março.

A Igreja Católica Apostólica Romana trata a quarta-feira de cinzas como um dia para se lembrar a mortalidade.

Missas são realizadas tradicionalmente nesse dia nas quais os participantes são abençoados com cinzas pelo Padre que preside a cerimónia.

O Padre mancha a testa de cada celebrante com cinzas, deixando uma marca que o Cristão normalmente deixa em sua testa até ao pôr do sol, antes de lavá-la.

Esse simbolismo relembra a antiga tradição de jogar cinzas sobre a cabeça como símbolo de arrependimento perante Deus (como relatado diversas vezes na Bíblia).

No Catolicismo Romano é um dia de jejum e abstinência.