Franca retrocede para a fase laranja e mais restrições são impostas em várias áreas

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 15 de janeiro de 2021 às 13:50
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Além do Município, outras seis cidades retrocederam no Plano, mas luta é garantir maior segurança às pessoas

Franca busca ampliar o número de leitos de UTI com parceria das Santas Casas de Patrocínio Paulista e Ituverava

Em mais um anúncio do Plano SP, o governador João Dória, anunciou a reclassificação do Plano SP para o enfrentamento do Covid 19.

Franca e os municípios de Ribeirão Preto, Bauru, Sorocaba, Taubaté, Rio Preto e Taubaté retrocederam para a fase laranja.

Com isso, algumas medidas deverão ser tomadas a partir do dia 18, quando entra em ação a nova fase do Plano SP.

Entre as ações, bares, restaurantes, shopping, lojas e outros estabelecimentos deverão atender por meio de drive-thru, porém, o prefeito Alexandre Ferreira, ainda não se posicionou sobre o assunto.

Segundo sua assessoria até este sábado, dia 16, deverão ser anunciados as novas medidas.

Apenas o município de Registro voltou para a fase vermelha. Daí, as medidas são mais radicais, visando a proteção do cidadão.

As regiões de Barretos, Araraquara, São João Boa Vista, Campinas e Grande São Paulo estão na fase amarela.

De acordo com o governador João Dória a ocupação de leitos no interior está em 67% e na Grande SP atinge 69%.

Com as alterações nesse novo plano as medidas são mais restritivas em funcionamento de estabelecimentos e serviços.

Motivo

Um dos motivos que registrou o crescente número de casos foi por conta das festas de final de ano, quando a população não respeitou o isolamento social e os demais protocolos sanitários.

Ação em Franca

Alexandre Ferreira anunciou que o pronto-socorro passou a contar com 8 leitos tipo UTI, equipados com respiradores e monitores, semelhantes aos de hospitais, além de uma equipe técnica qualificada para o atendimento seguro e de qualidade para a população.

Além do pronto-socorro, as UPAS do Jardim Aeroporto e Anita também dispõem de estrutura para o atendimento.

Para os pacientes sem suspeita da doença, que buscam outros tipos de atendimento no pronto-socorro, uma ampla estrutura está sendo montada, anexa ao estacionamento da unidade, visando oferecer maior segurança para os usuários.

Conforme anunciado pelo Jornal da Franca, o prefeito de Franca esclareceu que entre as ações de combate à pandemia está a abertura de vagas de UTI contra Covid e Enfermaria em Franca e nos municípios vizinhos, como Ituverava e Patrocínio Paulista, dentre outras.

O objetivo é garantir atendimentos para os casos que necessitam de internações, além de casos de enfermaria nesse período em que Franca e o Estado de São Paulo veem os números de pessoas contaminadas pela Covid 19 só crescendo.

Além de parceria com as Santas Casas de Patrocínio Paulista e Ituverava, Alexandre Ferreira disse que negocia com a Santa Casa de Franca. A proposta é elevar para 37 o número de leitos de UTI.


+ Saúde