Formula Chopp

Escolas de Pedregulho, Cristais Paulista e Ribeirão Corrente recebem smartphones

  • Teo Barbosa
  • Publicado em 24 de fevereiro de 2021 às 13:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Programa que ajuda estudantes a assistirem aulas online é retomado pelo GIMA

Flávia Lancha com Aninha Montanher durante ação do GIMA em Ribeirão Corrente

O programa GIMA Digital 2021, mantido pela empresa Café Labareda, começou nesta sexta-feira, dia 19, com as cerimônias de entrega de mais de 130 aparelhos celulares a escolas públicas da região de Franca, que contaram com a presença das prefeitas de Cristais Paulista, Katiuscia de Paula Leonardo, e de Ribeirão Corrente, Aninha Montanher.

O prefeito de Pedregulho, Dirceu Polo Filho, não pode comparecer por estar em viagem mas mandou representantes.

A GIMA Digital foi criada no ano passado. Por conta da pandemia provocada pelo coronavírus, a Labareda e seus parceiros não puderam realizar a tradicional GIMA (Gincana Intermunicipal pelo Meio Ambiente), que já acontece há 13 anos.

“Como não queríamos deixar de atender às crianças, pensamos em uma alternativa. Depois de conversarmos com os nossos parceiros, resolvemos criar a GIMA Digital”, disse a empresária Flávia Lancha, da Labareda.

Pelo programa, as escolas públicas recebem os aparelhos celulares já com linha telefônica e acesso à internet para serem emprestados aos alunos carentes que não têm como acompanhar as aulas que são ministradas virtualmente.

Para a primeira fase do programa, foram selecionadas três escolas: uma de Cristais, uma de Pedregulho e uma de Ribeirão Corrente. São as escolas que decidem quais alunos devem ser beneficiados com os aparelhos.

Os alunos ficam com os celulares por um período de seis meses e depois devolvem para que os mesmos possam passar por manutenção. Eles o recebem de volta para que possam estudar até o final do ano.

A prefeita de Cristais Paulista, Katiuscia Leonardo, fez questão de elogiar a iniciativa. “Nossa escola estava com muita dificuldade para fazer com que esses alunos mais carentes pudessem acompanhar as atividades. Com o programa, isso mudou. Agora todos podem acompanhar e fazer as atividades pelo celular”.

A prefeita de Ribeirão Corrente, Aninha Montanher, disse que a GIMA já é uma tradição para o município. “Fomos uma das primeiras cidades a participar da GIMA. Essa ideia de ajudar os alunos que mais precisam a ter acesso à educação durante esse período de pandemia precisa ser elogiada e ampliada. A Labareda está de parabéns. Somos gratos”.


+ Cidades