Além do Covid, Jeriquara se preocupa com a transmissão da dengue

  • Joaquim Felix
  • Publicado em 23 de janeiro de 2021 às 13:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

População deve colaborar, pois a dengue também mata, oriente-se sobre os cuidados

População deve colaborar, evitando o acumulo de objetos que possam ser de criadores do Aeds

O verão tem sido um período de grande preocupação de transmissão da dengue. E, muitas pessoas estão se preocupando com a Covid 19 mas se esquecendo da dengue.

Agentes sanitários de Jeriquara, por exemplo tem desenvolvido ações para que a população não esqueça dessa situação e elimine os criadouros do mosquito.

A Prefeitura de Jeriquara iniciou  a campanha de prevenção e controle da dengue. A Dengue como doença só existe devido à presença do mosquito Aedes aegypti em nosso meio ambiente, pois ele é o transmissor da doença.

Para evitar a sua propagação, há necessidade de eliminarmos os locais que acumulam água e servem de criadouro para o mosquito, principalmente em nossas residências, tais como:
– Pratos de vasos de plantas devem ser preenchidos com areia;
– Tampinhas, latinhas e embalagens plásticas devem ser jogadas no lixo e as recicláveis guardadas fora da chuva;
– Latas, baldes, potes e outros frascos devem ser guardados com a boca para baixo;
– Caixas d’água devem ser mantidas fechadas com tampas íntegras sem rachaduras ou cobertas com tela tipo mosquiteiro;
– Piscinas devem ser tratadas com cloro ou cobertas;
– Pneus devem ser furados ou guardados em locais cobertos;
– Lonas, aquários, bacias, brinquedos devem ficar longe da chuva;
– Entulhos ou sobras de obras devem ser cobertos, destinados ao lixo ou Operação Cata-Bagulho;