Imprudência: turista morre após cair de penhasco ao tentar tirar fotografia

  • Salvador Netto
  • Publicado em 15 de dezembro de 2020 às 17:03
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 11:42
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Marido, filho e outros turistas presenciaram o incidente: mulher ultrapassou barreiras de segurança

Parque Nacional de Grampians, na Austrália, tem vários pontos perigosos - Foto: Divulgação

Uma mulher morreu após cair de um penhasco com cerca de 80 metros enquanto tentava tirar uma fotografia.

Rosy Loomba, de 38 anos, visitava o Parque Nacional de Grampians, na Austrália, com o marido e filho, quando o incidente ocorreu, reporta a CNN. A família encontrava-se em Boroka Lookout, local que oferece uma vista panorâmica sobre as montanhas e cidade.

As autoridades divulgaram que Loomba ultrapassou as barreiras de segurança para posar para uma fotografia, tendo tropeçado e caído.

Testemunhas no local dizem ter ouvido a mulher gritar, mas não conseguiram ajudar. Após seis horas, as autoridades conseguiram recuperar o corpo da vítima.

Em declarações à Nine News, o guia turístico Graham Wood disse que, 30 minutos antes da queda de Loomba, tinha alertado os seus clientes para o perigo de não respeitar as barreiras de segurança e que qualquer dia alguém iria cair. “Fico triste que tenha acontecido”, acrescentou.

Após o incidente, que ocorreu no sábado, as autoridades deixaram um alerta ao público para que respeitem as indicações de segurança, lembrando que nenhuma fotografia vale uma vida.