Formula Chopp

Filtro anti-covid dá segurança a locais climatizados com ar-condicionado

  • F. A. Barbosa
  • Publicado em 6 de maio de 2021 às 13:00
  • Modificado em 6 de maio de 2021 às 19:23
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

O filtro teve eficácia comprovada de até 80% na redução de fungos e bactérias. O acessório é de fácil uso e manuseio

O filtro teve eficácia comprovada de até 80% na redução de fungos e bactérias. O acessório é de fácil uso e manuseio

A busca pela reinvenção em plena pandemia fez o empresário baiano Loyola Neto encontrar uma solução eficaz para ambientes fechados que possuem aparelhos de ar condicionado.

Ele criou a startup Salvar, por meio da qual lançou um filtro capaz de reduzir 99,9999% a carga viral, incluindo o coronavírus, presente em ambientes fechados.

A própria sede da empresa, localizada no bairro do Uruguai, em Salvador, já indica a utilização do material, com um adesivo colocado no aparelho de ar condicionado, informando que o ambiente é seguro.

O filtro teve eficácia comprovada de até 80% na redução de fungos e bactérias. O acessório é de fácil uso e manuseio e pode ser instalado em praticamente todos os aparelhos.

Seu funcionamento ocorre como uma barreira filtrante do fluxo de ar no ambiente que retém agentes infecciosos virais e bacterianos, controlando dessa forma a disseminação de partículas contaminadas através do sistema de climatização.

O projeto faz parte de uma parceria do empresário com o Senai/Cimatec, contando ainda com apoio de produção e upcycling das empresas Loygus e Ecoloy, também comandadas por Loyola, e com o incentivo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial – EMBRAPII e do Sebrae.

O filtro é um EPC – equipamento de proteção coletiva para climatizadores, e é mais um grande passo na luta contra o coronavírus, já que mesmo com o avanço das vacinas, as medidas de proteção e higienização ainda precisarão ser continuadas.


+ Bem-estar