Formula Chopp

Culinária Afro é a atração nas mesas francanas para este feriado especial

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 19 de novembro de 2015 às 22:04
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 17:31
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Culinária africana valoriza muito a utilização de vegetais e mistura de diferentes sabores

Feijoada, uma tradição da comida afro-brasileira no Brasil (Foto: Tudo Gostoso)

​Nesta sexta-feira comemora-se o Dia da Consciência Negra e isso pode se refletir também na mesa dos francanos. A comida africana reflete as tradições nativas da África, assim como outras culinárias, como a árabe e asiática.

O continente africano é a segunda maior massa de terra do planeta e berço de milhares de tribos, etnias e grupos sociais. Essa diversidade reflete-se na cozinha africana, no uso de ingredientes básicos assim como na preparação e técnicas culinárias.

  • 1 Kg de feijão preto
  • 100 g de carne seca
  • 70 g de orelha de porco
  • 70 g de rabo de porco
  • 70 g de pé de porco
  • 100 g de costelinha de porco
  • 50 g de lombo de porco
  • 100 g de paio
  • 150 g de lingüiça portuguesa

Tempero:

  • 2 cebolas grandes picadinhas
  • 1 maço de cebolinha verde picadinha
  • 3 folhas de louro
  • 6 dentes de alho
  • Pimenta do reino a gosto
  • 1 ou 2 laranjas
  • 40 ml de de pinga
  • Sal se precisar

Modo de preparo:

  1. Coloque as carnes de molho por 36 horas ou mais, vá trocando a água várias vezes, se for ambiente quente ou verão, coloque gelo por cima ou em camadas frias
  2. Coloque para cozinhar passo a passo: as carnes duras, em seguida as carnes moles
  3. Quando estiver mole coloque o feijão, e retire as carnes
  4. Finalmente tempere o feijão

Acompanhamentos:

  1. Couve, arroz branco, laranja, bistecas, farofa, quibebe de abóbora, baião de dois, bacon, torresmo, lingüicinha e caldinho temperado – copinhos


+ Gastronomia