Formula Chopp

Está sedentário na pandemia? Não se avexe: 60% dos brasileiros estão iguais a você

  • Cláudia Canelli
  • Publicado em 11 de maio de 2021 às 06:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

No home office, na frente da televisão ou com o notebook no colo, os brasileiros ficaram muito mais sedentários durante a pandemia

Uma das descobertas da pesquisa foi que o tempo de tela, junto com pipoca e refrigerante, cresceu muito no período analisado.

De acordo com um levantamento realizado pela Fiocruz em parceria com a Unicamp e a UFMG, mais da metade dos brasileiros não está se exercitando durante a pandemia.

O estudo foi conduzido em 2020 com mais de 44 mil participantes — 62% dos quais deixaram de fazer todo e qualquer tipo de atividade física na pandemia.

Uma das descobertas da pesquisa foi que o tempo de tela cresceu muito no período analisado.

O brasileiro passou uma hora e vinte minutos a mais em frente à televisão em comparação com o período anterior a 2020, além de uma hora e meia a mais no computador.

Somada às muitas horas passadas sentado, em função do home office, a falta de exercícios físicos pode ser bastante prejudicial à saúde, aumentando as chances de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Além disso, alguns estudos apontam que o sedentarismo pode estar relacionado a casos mais severos de Covid-19.

Assim, é importante tentar reservar algum tempo durante o dia para as atividades físicas, que podem ajudar ainda na postura e no bem-estar geral durante esses tempos de incerteza.

Cuidar da mente e do corpo é essencial para o equilíbrio e para a satisfação em anos tão difíceis quanto 2020 e 2021.


+ Comportamento