Formula Chopp

Fique de olho: vem aí concurso público estadual para cargo de Escrevente da Justiça

  • Cláudia Canelli
  • Publicado em 2 de maio de 2021 às 20:30
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Em audiência com representantes sindicais em abril, presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo confirma novo edital para área de apoio

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) se prepara para abrir um novo edital de concurso (Concurso TJ SP) para o cargo de Escrevente, cargo que requer nível médio.

A abertura do novo edital foi confirmada pelo presidente do órgão, desembargador Geraldo Franco. Ele disse que as providências para os editais já estão em andamento.

Segundo o TJ-SP, o próximo edital será para que aconteça a reposição de servidores.

Segundo dados do Portal da Transparência, o órgão conta, atualmente, com 5 mil cargos vagos de escrevente. Dessa forma, a oferta poderá ser expressiva.

A taxa de inscrição do certame deverá ser de R$79. Essa informação consta em um extrato de aditivo de contrato, entre a Fundação Vunesp e o tribunal.

O documento foi publicado no Diário de Justiça do Estado, edição do dia 03 de março de 2021.

O quantitativo de vagas do concurso deve atrair um grande número de candidatos, uma vez que o número de vagas do concurso TJ-SP será bastante expressivo, conforme informou o Monteiro.

O concurso contará com vagas para Comarca da Capital e nas Circunscrições Judiciárias que compõem a 1ª e 4ª Regiões Administrativas Judiciárias do Estado.

“Vai ser um concurso muito grande, com número de vagas bastante generoso. Quem é do ramo, sabe que vale a pena. Podem ir se preparando porque o TJ não está com a restrição do Estado. Deve acontecer sim. As tratativas estão bem adiantadas”, garantiu o superintendente de planejamento da Fundação Vunesp, Henrique Luiz Monteiro.

Segundo Monteiro, os padrões dos últimos editais devem ser seguidos, uma vez que o órgão tem um estilo conservador e não deve trazer novidades em relação ao último documento publicado.

“É um concurso para nível médio, muito concorrido. O TJ é muito cuidadoso com edital, muito exigente. Mas também é bastante conservador. Acredito que eles vão manter o padrão das últimas aplicações”, afirmou o superintendente.


+ Concursos