Sesi Franca apresenta peça teatral “Acordes” neste sábado e domingo

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 30 de outubro de 2015 às 08:18
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 17:29
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Espetáculo tem entrada gratuita e retrata a ditadura militar e os festivais de Música Popular Brasileira

Quem gosta de teatro não pode perder a oportunidade de assistir à peça “Acordes”, apresentada pelo Sesi Franca. O espetáculo está em cartaz nos dias 31 de outubro, às 20 horas, e 01 de novembro, às 19 horas. A entrada é gratuita.

Para garantir os ingressos é necessário fazer previamente o cadastro no site do Sesi, ou retirar as entradas na bilheteria a partir das 17 horas nos dias de exibição da peça. As unidades são limitadas.

Dirigida por Fagner Rodrigues, a peça aborda as memórias emotivas da ditadura militar, período em que o poder político era controlado por integrantes do exército brasileiro, nas décadas de 1960 e 1970. Por meio de recursos sonoros e metáforas, a narrativa busca despertar reflexões sobre os anos de chumbo do Brasil e suscitar o debate a partir de recortes feitos de canções que permearam os grandes festivais de Música Popular Brasileira na época.

Mais do que relembrar o acontecido, através da musicalidade, do cantar e do encenar, os atores lutam para escancarar as tragédias e torturas ocorridas durante a ditadura para que o passado não se apague e, principalmente, não se repita.

O teatro musical tem duração de 60 minutos e não é recomendado para menores de 12 anos. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3712-1620.

FICHA TÉCNICA

excertos: Homero Ferreira | Dramaturgia e direção: Fagner Rodrigues | Elenco: Cássia Heleno, Clara Tremura, Elaine Matsumori, Glauco Garcia, Leandro Madi, Simone Moerdaui e Vanessa Palmieri | Elenco stand-in: Beta Cunha, Fabiano Amigucci e Jaqueline Cardoso | Música ao vivo: José Maria Guirado e Márcia Morelli | Direção musical e preparação vocal: Elaine Matsumori | Cenografia: Leandro Madi | Adereços e figurino: Linaldo Telles | Iluminação: Fagner Rodrigues | Maquiagem: Márcio Merighi | Confecção de figurino: Ivani Cardoso | Projeto pedagógico: Clara Roncati