Formula Chopp

Sem pensar duas vezes, professora doa rim para aluna de 5 anos e transforma 2 vidas

  • Bernardo Teixeira
  • Publicado em 7 de maio de 2021 às 11:00
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

A professora afirmou que o processo para saber se poderia ser doadora foi uma montanha-russa de emoções

A garota toda risonha com a doação feita pela professora, que transformou duas vidas

Uma professora doou um de seus rins para uma aluna de apenas 5 anos.

Robin Mach, 46, não pensou duas vezes em ajudar a pequena Kayleigh Kulage, que luta contra uma série de dificuldades físicas desde o dia de seu nascimento, em Missouri (EUA).

Em vez de uma gestação de 40 semanas, Desirre Kulage, mãe de Kayleigh, teve a pequena prematuramente com 26 semanas.

Cinco meses

A menina passou os cinco meses seguintes na UTI neonatal de um hospital do Missouri.

Infelizmente, Kayleigh ficou com uma série de complicações, como cegueira parcial e sistema imune comprometido, além de problemas nos rins que exigiam 11 horas de tratamento diário para a menina.

Apesar de todas estas dificuldades, a pequena guerreira nunca tirou o sorriso do rosto e isso inspirou sua professora.

Kayleigh enfrentou dificuldades para realizar transplante

O nascimento prematuro de Kayleigh impacta seu crescimento até hoje.

Inclusive, a dificuldade em ganhar peso e altura foram um dos obstáculos para a pequena realizar o transplante.

Além de suas medidas, o sistema de doações de órgãos dos EUA ainda precisava encontrar um rim com tamanho parecido ao da menina.

Ajudar

Mach, ao saber que Kayleigh poderia finalmente fazer o transplante, perguntou a Desiree como ela conseguira ajudar a menina.

Ao programa People do canal americano NBC, Mach afirmou que todo o processo para saber se poderia ser doadora foi uma montanha-russa de emoções.

Já Desiree, ao descobrir que a professora poderia efetivamente ser a doadora de Kayleigh, ficou duplamente feliz.

“Eu estava tão aliviada e animada quando descobri que o rim de Kayleigh viria de alguém que ela conhecia”, contou Desirre.

Amiga

Segundo a mamãe, a menina ama a professora e a vê como uma amiga.

Agora que as duas se recuperam plenamente da cirurgia, realizada em fevereiro, é hora de comemorar!

Mach, inclusive, foi presenteada com um prêmio de professora do ano concedido pelo distrito em que ela trabalha no Missouri.

Apesar de aceitar a homenagem, a americana não vê seu ato como algo grandioso.


+ Boas Ações