Moda sem censura

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 30 de outubro de 2015 às 08:18
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 17:29
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

​Hoje parei pra fazer uma reflexão sobre MODA e queria compartilhar isso com vocês. Quantas vezes você já se sentiu presa a uma ideia de se vestir e nunca conseguiu sair desta zona de conforto? Resumindo, aquele jeans e camiseta de todo dia! Eu me vejo um pouco perdida nessa situação às vezes e não por falta de opção de roupas, mais por comodismo e medo. Nós adotamos a moda de rua como algo básico e prático para o dia a dia, mais nem sempre sabemos adequar este sentido de praticidade a quem realmente somos, o que fazemos e o que queremos ser.

Estudos comprovam que desde os primórdios, as vestes eram produzidas para necessidades de sobrevivência, mas depois de alguns anos foi possível perceber a roupa como forma de distinção, onde cada grupo se caracterizava por uma veste e simbologia. Com isso nasceu a personalidade visual de cada um, e foram criando adornos usados apenas por reis, uniformes para guerreiros e cada vez mais cada qual com sua função exposta em suas roupas. 

Hoje fomos tomados pela mesmice e, infelizmente, muitas pessoas têm medo de vestir o que querem e, principalmente, o que são. Pensam primeiro no que a sociedade e o seu meio em que vivem irão pensar antes de buscar o seu bem-estar, e isto é muito errado. Antes que alguém diga o que você deve ser ou o que vestir, você tem que SER e SENTIR.

Não sou a favor de regras ditadas pela moda, pois do que vale você estudar moda, ler sobre moda, e amar a moda se ela não te permite que você brinque, use, abuse e seja você nela? Claro que tudo se encaixa perfeitamente com a sinceridade que você tem com o seu biótipo físico, mais isso não te proíbe que não use uma peça e tenha apenas que usar outra!

NÃO, ISTO NÃO EXISTE.

Vamos ter mais estilo, e seguir menos tendências, nos transformar menos em personagens de novela, e saber usar os elementos dele que te atraem a seu favor. Seja você antes de qualquer coisa, não deixe de usar aquilo que gosta por achar que está fora de moda, ou simplesmente comprar coisas que estão na moda, pois um dia tudo isso passa e o que fica é apenas a sua essência, o seu estilo a sua personalidade. E eu garanto que roupa nenhuma se faz sozinha, se não existe uma grande personalidade por trás!

MilBeijos

WWW.BLOGDABRENDARAST.BLOGSPOT.COM

INSTA: @BRENDARAST

*Esta coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.