Em nove meses, Rifaina registrou apenas 31 ocorrências policiais

  • Cesar Colleti
  • Publicado em 27 de outubro de 2015 às 08:52
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 17:29
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Cidade prevê diminuir ainda mais os índices: inaugura monitoramento eletrônico no sábado, 31

Em nove meses a cidade de Rifaina (3.597 habitantes) registrou apenas 31 ocorrências policiais, a maioria delas sem gravidade, com média de apenas 3,4 registros por mês, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado. 

Caminhando para ser uma das cidades mais seguras do Estado de SP, mesmo sem que o monitoramento eletrônico a ser inaugurado no próximo sábado (31) já esteja ajudando a Guarda Civil Municipal, a Policia Militar e a Polícia Civil a combater crimes, Rifaina mostra índices abaixo de municípios de seu porte.

Os dados da Secretaria de Segurança, divulgados na semana passada mostram que Rifaina tem pouquíssimos crimes violentos e que o Monitoramento Eletrônico, com 52 câmaras que já estão instaladas em todos os pontos principais da cidade, pode reduzir uma das poucas preocupações que ainda restam no quesito segurança: os pequenos furtos.

ZERADOS – Em nove meses a cidade não registrou crimes de: Homicídio Doloso (intencional), Homicídio Doloso ou Culposo (não intencional) por Acidente de Trânsito, Homicídio Culposo (outros), Tentativa de Homicídio, Lesão Corporal Culposa (outras), Latrocínio (roubo seguido de morte), Estupro, Roubo de Veículo, Roubo a Banco ou Roubo de Carga. 

REGISTRADOS – Os crimes registrados no período de janeiro a setembro de 2015 foram: Furtos (22), Roubo –outros (03), Lesão Corporal Dolosa (03), Lesão Corporal por Acidente de Trânsito (02) e Furto de Veiculo (01). 

POR PERÍODO – Os 31 registros policiais de janeiro a setembro foram registrados nos seguintes meses: 

Furtos (22) – (3 janeiro), (2 fevereiro), (5 março), (3 abril), (2 maio), (1 junho), (3 julho), (1 agosto) e (1 setembro). 

Lesão Corporal Dolosa (03) – 1 em janeiro e 2 em maio.

Roubo – Outros (03) – 1 em fevereiro, 1 em julho e 1 em setembro.

Lesão Corporal Acidente de Trânsito (02) – 1 em fevereiro e 1 em setembro.

Furto de Veículo (01) 1 em março.

ESTRUTURA – A estrutura de segurança de Rifaina funciona com a Guarda Civil Municipal, comandada pelo Tenente Carlos Alberto Thomazélli, Polícia Militar, chefiada pelo sargento Erik Henrique da Silva e Polícia Civil, sob o comando do delegado Fábio Pereira Branquinho. 

MONITORAMENTO ELETRÔNICO – O sistema que começa a operar no sábado (31) já passou por testes e tem 52 câmeras que monitorarão desde as entradas e saídas da cidade, até os bairros, praças, rotatórias, próprios públicos, saídas para ranchos e condomínios, além do Calçadão da Praia que terá seis dos dispositivos de vigilância.

Foram instaladas e já testadas durante várias semanas, 25 câmeras Full HD, 23 em HD e 4 em Speed Dome (de 360 graus e longo alcance). No total 53 pontos serão monitorados 24 horas por dia, 7 dias da semana. 

As câmeras têm capacidade de detecção de movimento com até 255 áreas e 100 níveis de sensibilidade configuráveis para a gravação. O aparato tem sistema de gravação por movimento com gravação pré e pós-movimento de até 60 segundos.